Oi tem lucro líquido contábil de R$ 30,5 bi

iStock
A dívida da Oi foi reduzida em mais de R$ 36 bilhões

A operadora de telefonia Oi encerrou o primeiro trimestre com um lucro líquido contábil de R$ 30,5 bilhões, refletindo a aprovação do plano de recuperação judicial que reduziu a sua dívida em mais de R$ 36 bilhões, disse a empresa hoje (29).

LEIA MAIS: Oi adia divulgação de balanço

A Oi encerrou o primeiro trimestre com uma dívida total de R$ 13,5 bilhões e posição de caixa de R$ 6,2 bilhões. A dívida líquida, que era de R$ 47,6 bilhões no fim de dezembro, recuou para R$ 7,3 bilhões no fim de março.

A geração de caixa medida pelo lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) consolidado de rotina foi de R$ 1,572 bilhão no primeiro trimestre, representando uma queda de 8,8% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado. Apenas nas operações no Brasil, o Ebitda foi de R$ 1,567 bilhão nos primeiros três meses do ano.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).