Receita da Lenovo atinge o maior nível em três anos

Getty Images
A receita anual da Lenovo chegou a US$ 45,35 bilhões, alta de 5%

O grupo Lenovo informou que sua receita anual atingiu o pico em três anos, liderada por um crescimento de dois dígitos no quarto trimestre, já que os negócios de computadores pessoais e dispositivos inteligentes seguiu melhorando.

LEIA MAIS: Chinesa Lenovo tem prejuízo no trimestre

O negócio de PCs continuará a ver produtos premium, como PCs e estações de trabalho, impulsionando o crescimento da receita, disse o diretor de operações da Lenovo, Gianfranco Lanci.

“Acho que a empresa está em melhor forma do que há seis ou nove meses”, disse à Reuters ontem (24), adicionando que a Lenovo agora é a maior fabricante de PCs da games do mundo. A ação da empresa subiu até 4% após as notícias.

A Lenovo, que perdeu a coroa de maior fabricante de PCs do mundo para a HP em 2017, tem visto seu principal negócio sofrer por um mercado que está encolhendo globalmente, enquanto o seu negócio de smartphones se esforça para ficar à frente da concorrência feroz.

Mas no trimestre encerrado em março, sua receita de PCs e de aparelhos inteligentes saltou 16%, respondendo por quase três quartos de um total de US$ 10,6 bilhões.

VEJA TAMBÉM: Com desaceleração da Apple, rivais chinesas conquistam mercados desenvolvidos

No ano, a receita da Lenovo chegou a US$ 45,35 bilhões, alta de 5%, com as receitas de PCs de jogos quase dobrando.

Mas a empresa teve prejuízo de US$ 189 milhões para o ano, ante lucro US$ 535 milhões no ano anterior, devido ao aumento dos custos dos componentes, da baixa contábil de US$ 400 milhões e do fraco negócio de smartphones.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).