Telecom Italia tem queda no resultado do 1º tri

Resultado foi impactado por multas e por menor faturamento no Brasil

A Telecom Italia divulgou hoje (16) uma queda maior do que a esperada no resultado do primeiro trimestre, que foi atingido por provisões feitas para cobrir multas aplicadas pela Itália ao grupo de telefonia.

LEIA MAIS: Telecom Italia confirma Amos Genish como presidente-executivo

No primeiro conjunto de resultados depois que o fundo ativista Elliott venceu batalha para tomar o controle da Telecom Italia do grupo francês Vivendi, a companhia italiana informou que o lucro ante de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) caiu 4,9%, para € 1,89 bilhão. Isso se compara ao consenso das previsões dos analistas fornecidos pela empresa, de € 1,96 bilhão.

O maior grupo de telefonia da Itália informou que a receita caiu 1,6%, para € 4,74 bilhões, ante expectativas de € 4,69 bilhões. O faturamento foi afetado pela queda na receita em seu único mercado externo, o Brasil, onde a Telecom Italia controla a operadora móvel TIM. A receita doméstica subiu 1,7%.

A dívida líquida ajustada ficou em € 25,54 bilhões ao final de março, em linha com as expectativas.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).