Toyota estuda produzir carro elétrico no Brasil

Montadora anunciou, ainda, turnos extras nas fábricas de SP

O presidente da Toyota no Brasil, Rafael Chang, afirmou hoje (2) que a montadora japonesa está estudando a possibilidade de produzir no país um veículo elétrico e que decidiu abrir terceiros turnos em suas fábricas em São Paulo, diante do crescimento da demanda nacional.

LEIA MAIS: Toyota e Mazda realizam desejo de Trump e anunciam fábrica no Alabama

O executivo reuniu-se mais cedo com o presidente Michel Temer e afirmou a jornalistas que a empresa vai iniciar terceiro turno nas fábricas Toyota de Sorocaba e Porto Feliz (SP), algo que vai exigir a contratação de 1.570 funcionários no total, sendo 870 nas fábricas da montadora e cerca de 700 pelos fornecedores.

Com a abertura do novo turno, a produção de veículos da Toyota no Brasil vai subir de 108 mil para 160 mil unidades por ano, disse o executivo. “O Brasil não pode ficar de fora das novas tecnologias”, disse Chang, acrescentando que a preparação pelo governo de uma nova política industrial com incentivos para o setor automotivo, chamada de Rota 2030, “vai dar segurança para investimentos e pesquisas especialmente nessa área [veículos elétricos]”.

Em março, o presidente-executivo da Toyota para a América Latina, Steve St. Angelo, afirmou que a massificação de veículos híbridos no Brasil pode se tornar uma realidade no país se houver incentivo e apoio corretos por parte do governo e de vários setores da indústria. A montadora anunciou, na ocasião, que estava fazendo testes de longa produção de um veículo híbrido Prius equipado com motor a combustão que além de gasolina aceita também etanol.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).