Uber vai fornecer dados para programa da NASA

Empresa assinou acordo para explorar conceitos de mobilidade aérea urbana

O Uber disse hoje (8) que assinou um acordo com a agência espacial norte-americana NASA para explorar conceitos e tecnologias necessários para o transporte de passageiros e de carga aérea dentro de uma área urbana.

LEIA MAIS: Uber dobra investimentos na Índia

Este é o segundo acordo do Uber com a agência espacial. Como parte do pacto, a empresa irá compartilhar dados relacionados aos seus esforços para construir táxis voadores em 2020 para o desenvolvimento do programa de mobilidade aérea urbana (UAM, na sigla em inglês) da NASA.

“Com os dados do Uber, a NASA usará seu centro de pesquisa no aeroporto de Dallas-Fort Worth (DFW) para simular um pequeno avião de passageiros enquanto voa pelo espaço DFW durante o pico de tráfego aéreo programado. Assim, será possível analisar se essas operações provocariam advertências de colisão de tráfego”, disse o Uber em um comunicado.

A empresa de transporte compartilhado lançou um protótipo de táxis voadores em seu evento anual Elevate Summit.

Em novembro, a empresa informou que estava trabalhando com a NASA para desenvolver um software que pudesse ser usado para gerenciar rotas de táxi voador e que funcionasse como serviços de passeio que o Uber popularizou em campo.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).