Petrobras confirma seu domínio no pré-sal

Empresa integrou os 3 consórcios vencedores do leilão

A Petrobras confirmou seu domínio no pré-sal hoje (07) e bancou lances elevados que garantiram à companhia o status de operadora dos consórcios vencedores em três blocos leiloados, que tiveram a participação também de gigantes globais do setor.

LEIA MAIS: Empresas se preparam para acordo com Petrobras

A Petrobras não figurou originalmente em dois dos consórcios vencedores, com um dos lances pela área de Uirapuru superando 75% de excedente de óleo à União, feito por Exxon Mobil, Equinor (ex-Statoil) e Petrogal.

Mas a estatal passou a integrar o grupo vencedor do bloco de Uirapuru, na Bacia de Santos, após o lance ser revelado, conforme a legislação que garante a preferência de a companhia ser operadora no pré-sal.

O mesmo movimento da Petrobras foi registrado na disputa pelo bloco Três Marias (Bacia de Santos), integrado originalmente por Shell e Chevron.

O consórcio vencedor de Uirapuru ofertou à União 75,49% o de excedente em óleo à União, contra um percentual mínimo de 22,18% exigido pela área, a mais disputada, por quatro consórcios.

O bônus de assinatura de iUrapuru, valor fixo em leilões de pré-sal a ser pago à União, foi R$2,65 bilhões –o maior da rodada realizada no Rio de Janeiro.

LEIA MAIS: Petrobras anuncia recompra de US$ 4 bi em títulos

O consórcio originalmente formado por Shell e Chevron, que ganhou Três Marias e recebeu a Petrobras posteriormente, apresentou lance de 49,95% de excedente em óleo à União, versus um percentual mínimo de 8,32%.

O outro bloco leiloado no quarto leilão sob regime de partilha realizado no Brasil, Dois Irmãos(Bacia de Campos), foi arrematado pelo consórcio formado por Petrobras, Equinor e BP. O consórcio vencedor, único a fazer oferta, ofereceu à União 16,43% de excedente em óleo à União, sem ágio.

Apenas uma área do leilão, chamada Itaimbezinho, não recebeu ofertas.

PRIVADAS

Executivos da Exxon e da Shell no Brasil disseram após o leilão que ficaram satisfeitos os resultados.

A petroleira norte-americana Exxon Mobil está mais fortalecida no Brasil, afirmou a presidente da companhia no país, Carla Lacerda, após o evento.

LEIA MAIS: Petrobras aprova Ivan Monteiro como novo CEO

“Essa parceria de longo prazo com a Petrobras agora no bloco de Uirapuru vai dar continuidade… Estamos muito felizes… em poucos meses a Exxon Mobil passou de dois blocos para 25 blocos”, disse Carla.

Ela ressaltou também a parceria de longo prazo com outras empresas no país

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).