Suzano deixa de produzir 80 mil toneladas de celulose

iStock
A Suzano iniciou a retomada gradual das atividades de todas as plantas industriais após paralisação

A Suzano Papel e Celulose informou hoje (7) que teve uma perda de produção de cerca de 80 mil toneladas de celulose de mercado e de aproximadamente 25 mil toneladas de papel no período em que as atividades estiveram paralisadas ou operando de forma parcial devido à greve dos caminhoneiros.

LEIA MAIS: Fusão entre Suzano e Fibria é aprovada nos EUA

A Suzano iniciou a retomada gradual das atividades de todas as plantas industriais, inclusive o escoamento e faturamento de seus produtos, no fim da semana passada, após o encerramento da paralisação dos caminhoneiros que durou cerca de dez dias e praticamente interrompeu o transporte de cargas no país.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).