Lifestyle

Miami tem casa de praia com baía própria por US$ 60 milhões

Uma casa de 11.500 m², em Biscayne Bay está prestes a chegar ao mercado por US $ 60 milhões (R$ 137 milhões). Se esse preço realmente ocorrer, ela se tornaria a casa mais cara já vendida em Miami.

O preço elevado é devido à terra, não a própria casa. A propriedade abrange dois hectares e 2.000 m² de fachada de água e é composta por três parcelas edificáveis, o que significa que duas casas adicionais poderiam ser construídas. “Atrevo-me a dizer que é uma das peças mais bonitas em toda a Costa Leste, não apenas em Miami”, diz o agente Jorge Uribe, da ONE Sotheby International Realty.

A Mashta House, nome pelo qual residência se tornou conhecida, foi inspirada pela arquitetura vista em uma viagem pelo Nilo. Um artigo do The Herald descreve Mashta como um alpendre com “tetos rústicos com vigas revestimentos de parede exuberantes,” cobertos de “murais enigmáticos e pinturas decorativas de símbolos místicos.” Ninguém jamais viveu nesta habitação, cujo nome egípcio significa “lugar de descanso”.

Nos últimos anos, a casa tem sido um alojamento de luxo, alugada mais recentemente por US$ 50.000 (R$ 114.000) por mês. Os proprietários latino-americanos estão vendendo porque não ter sido usada por vários anos, e porque o momento é bom, pois o mercado se recuperou.

Topo