Lifestyle

Modelo vintage Ferrari GTO Berlinetta 1962 será leiloado na Califórnia

Na próxima semana, na Califórnia, os colecionadores de carros mais ricos do mundo irão se juntar no Pebble Beach Golf Course para apreciar os carros mais bonitos já fabricados. Todos os anos, eles descem em Carmel, Califórnia, para o Pebble Beach Concours d’Elegance, o evento que ocorre durante a Moterey Car Week no qual juízes elegem os 200 carros vintage mais bonitos do mundo. Imagine carros do Grand Prix combinado com o Kentucky Derby.

Talvez a peça mais esperada no ano seja a Ferrari GTO Berlinetta 1962, prevista para atingir um máximo de US$ 60 milhões em leilão no dia 15 de agosto. Este é um grande negócio porque há décadas que um GTO 250 não é colocado à venda pública. Além disso, a última venda privada foi feita no Reino Unido em outubro do ano passado por um preço de mais ou menos US$ 52 milhões.

O carro é especial pois é um modelo de corrida dirigido pelo piloto francês Jo Schlesser e pelo campeão francês de esqui Henri Oreiller em 1962. Desde então ele mudou pouco de mão, mas pertenceu à mesma família por 49 anos. Esta não é a única relíquia da família Maranello. Entre seus vintages estão: um Gilles Villeneuve 312 T3 1978, um Mille Miglia Berlinetta 1953, uma Ferrari Cabriolet 250 GT PF S1 1957, entre outros. Todos estes e mais irão a leilão.

 

Topo