Lifestyle

Motoristas adolescentes têm a maior taxa de acidentes fatais

Adolescentes representam a maior porcentagem de condutores que provocaram acidentes fatais nos Estados Unidos e 57% dos mortos, eram os próprios motoristas adolescentes. Estas são algumas das conclusões de um novo relatório divulgado pelo grupo Governors Highway Safety Association, uma organização sem fins lucrativos.

“Os adolescentes têm o maior risco de acidentes, de todas as faixas etárias, e a pesquisa mostrou que muitas vezes a distração é um fator”, conta Jonathan Adkins, diretor executivo do grupo.

O relatório chamado “Distracted & Dangerous: Helping States Keep Teens Focused on the Road”, no qual o grupo disse que se baseou em dados federais a partir de 2012 para realizar, destaca programas promissores e políticas destinadas a ajudar os motoristas adolescentes a reconhecerem distrações fatais e os encorajar a conduzir esquecendo seus smartphones.

“Muitos dos novos motoristas adolescentes consideram passageiros e aparelhos eletrônicos distrações. Mas à medida que ganham experiência e se tornam mais confiantes em suas habilidades de condução, suas atitudes em relação à conversação e mensagens, bem como o transporte de passageiros, mudam”, acrescentou Adkins.

Em Nova York, por exemplo, em breve as penalidades para distração ao volante serão mais duras, segundo o relatório. Para os condutores com idade inferior a vinte e um anos, com início 01 de novembro, a pena será de suspensão da licença por 120 dias para a primeira ofensa e um ano para a segunda.

 

Topo