Lifestyle

Coleção inspirada em Maria Antonieta tem anel de US$ 69.000

Embora tenha reinado há mais de dois séculos, o impacto de Maria Antonieta sobre a cultura popular permanece.

Desde sua execução durante a Revolução Francesa, a vida de Marie Antonieta tem sido explorada em nada menos que dez filmes, sem mencionar as inúmeras biografias. Uma coisa é certa: as pessoas continuam fascinadas pelo estilo lendário da rainha.

Em nenhum lugar isso é mais verdadeiro do que no mundo da alta relojoaria. Em 1783, o relojoeiro Abraham-Louis Breguet, foi contratado para criar um relógio digno da Rainha da França. O resultado, o Breguet nº 160, ficou conhecido como o relógio de Maria Antonieta.

Depois de um ladrão ter roubado o relógio de um museu na capital israelense de Jerusalém em 1983, o chefe do grupo Swatch, o Sr. Nicholas G. Hayek se encarregou da marca da recriação do relógio. (O relógio foi encontrado pelas autoridades em 2006, e colocado de volta em exposição no Instituto LA Mayer de Arte Islâmica em Jerusalém, em 2007).

Reprodução FORBES

Reprodução FORBES

Com um valor estimado em cerca de US$ 1,2 milhão, não é exagero dizer que esta coleção é digna de uma rainha. O relógio, colar, pulseira e anel que compõem esta coleção apresentam um rubi birmanês. Os rubis, em forma de coração vermelho são complementados em cada peça por uma deslumbrante variedade de diamantes.

O colar da coleção inspirada em Maria Antonieta  (US$ 747.300) apresenta um design em ouro branco 18 quilates. O bracelete é feito em ouro branco também 18 quilates e custa US$ 179.200. Por fim, o anel que tem um preço de US$ 69.000 e é feito de ouro branco e diamantes.

 

Topo