Lifestyle

Ioga pode reduzir o risco de doenças no coração

Ioga tem inúmeros benefícios para o corpo e um deles é a proteção cardiovascular. Um estudo publicado no European Journal of Preventive Cardiology descobriu que a prática teve o mesmo efeito sobre a redução de marcadores cardiovasculares do que outras formas de exercício, como corrida ou ciclismo. Embora seja necessária mais investigação, os autores estão animados com os resultados, uma vez que a ioga é relativamente barata, e pode beneficiar uma pessoa no corpo e na mente.

Os pesquisadores analisaram 37 estudos anteriores que incluíram quase 2.800 pessoas. Os participantes foram aleatoriamente designados para fazer ioga ou exercício regular como ciclismo e caminhada, além de um grupo controle composto por aqueles que não foram solicitados a acrescentar nada à sua rotina.

Tanto a yoga quanto as outras formas de exercício tiveram efeitos favoráveis sobre o coração e a saúde metabólica. O índice de massa corporal foi reduzido, o “colesterol ruim” foi reduzido, e o “colesterol bom” aumentou. A pressão arterial e a frequ  ência cardíaca também caíram, assim como o colesterol total. Não houve quaisquer alterações nos marcadores para diabetes, como o açúcar no sangue.

Através da prática de ioga, os efeitos do estresse podem ser reduzidos, levando a impactos positivos sobre o estado neuroendócrino, metabólico, além de melhoras em inflamações. Em outras palavras, yoga pode afetar o sistema nervoso e a resposta ao stress, através da função hormonal e a redução da inflamação.

Além do custo benefício, outro ponto positivo da ioga é que é fácil de praticar em casa e com relativamente pouco (ou nenhum) equipamento. “Acreditamos que estes resultados têm implicações importantes para a aceitação de yoga como uma intervenção terapêutica eficaz”, afirmam os autores. Para as pessoas que não podem fisicamente fazer outras formas de exercício, ou que simplesmente preferem yoga sobre outros tipos, pode ser uma alternativa eficaz.

Topo