Lifestyle

Johnny Depp pode se tornar o ator mais supervalorizado de Hollywood

O novo filme de Johnny Depp, “Mortdecai – A Arte da Trapaça”, está no caminho para ganhar apenas cerca de US$ 12 milhões no fim de semana de estreia fim de semana. Isso seria uma exibição terrível para um filme com orçamento de US$ 60 milhões e uma das piores aberturas para Depp. O longa também pode ser mais um dos fracassos do ator. Sim, “Caminhos da Floresta” está indo bem nas bilheterias, mas Depp tem apenas uma participação especial no musical.

Como isso acontece? Há algum tempo, Depp era um dos atores mais disputados Hollywood. Graças à franquia “Piratas do Caribe” e grandes sucessos como “Alice no País das Maravilhas”, os filmes do norte-americano ganharam um total de US$ 8,3 bilhões em bilheteria global. Os estúdios não pensavam duas vezes antes de apostar tudo que tinham nele.

Com tamanho sucesso, a aposta da Disney em Depp para interpretar o índio Tonto em “O Cavaleiro Solitário” (2013) era quase certa. Mas esse filme foi uma perda cara para o estúdio, com faturamento de apenas US$ 260 milhões para um orçamento de US$ 215 milhões. Este foi apenas o primeiro de uma sequência de fracassos como “Transcedence – A Revolução” (2014).

Se uma atriz de 51 anos de idade tivesse esse tipo de percurso, sua carreira teria acabado. Mas Hollywood é mais complacente com estrelas do sexo masculino e, assim, Depp vai ter de continuar fazendo seu trabalho, mas com um preço reduzido. De acordo com o “The Hollywood Reporter”, Depp aceitou um corte salarial para “Mortdecai – A Arte da Trapaça”. Em vez de pedir os US$ 20 milhões que ele poderia querer em um filme como “O Cavaleiro Solitário”, ele cortou o pagamento pela metade.

Neste ano, ele foi eleito pela FORBES o segundo ator mais supervalorizado de Hollywood, atrás apenas de Adam Sandler. Se esta trajetória se confirmar, é provável que ele assuma o topo em breve.

Topo