Primeiro site de aluguel de vestidos internacionais quer R$ 1,3 milhão em 2015

Nada mais certo do que abrir um negócio que ofereça algo de que você sente falta no mercado. Foi a partir dessa ideia que as irmãs gaúchas Jéssica, 29, e Monalisa Spier, 31, começaram a desenvolver o Rent-to-wear, primeiro site do Brasil de aluguel de vestidos de marcas internacionais. “Em 2013, eu e minha irmã nos deparamos com muitos casamentos, formaturas e festas. Não queríamos usar as mesmas roupas e, ao procurar vestidos, sentimos falta de peças bonitas com preço acessível”, conta Jéssica.

O site entrou no ar em setembro do ano passado, inspirado em um projeto semelhante nos EUA chamado Rent The Runway. O investimento inicial foi de R$ 500 mil, sendo R$ 200 mil das irmãs e o restante de um investidor do mercado financeiro. A decisão de criar um negócio que ficasse somente na plataforma on-line foi natural já que, além de ser muito mais barato, pode atender outras regiões do Brasil, não só o mercado local.

GALERIA DE FOTOS: 5 dicas para fazer seu novo negócio faturar com menos de seis meses

Atualmente, o acervo da Rent-to-wear é de 200 vestidos, de marcas que incluem Dolce & Gabbana, Valentino e Pucci, além de grifes brasileiras como Trinitá e PatBo. “No começo, era muito difícil entender o gosto de nossas clientes e escolher as peças para oferecer no site”, afirma Jéssica. “Hoje, conseguimos fazer isso com muito mais facilidade, pois entendemos o que elas buscam.”

Com menos de seis meses de operação, o projeto já mostra ser bem-sucedido. As irmãs contam que a previsão de faturamento para este ano é de R$ 1,3 milhão. “O aluguel de vestidos tem dado muito certo no país. As pessoas preferem por ser mais barato alugar do que comprar uma peça que não será muito usada”, conta Jéssica.

 

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).