Lifestyle

Startup leva turistas a expedições arqueológicas em submarinos na Itália

Se sua infância foi marcada por muitas explorações nos quintais e brincadeiras de faz-de-conta, você precisa conhecer o novo projeto da fundação sem fins lucrativos Aurora Trust Foundation. Em parceria com a SubSea Explorers, companhia especializada em expedições marinhas, e com a U-Boat Worx, fabricante de submarinos, a startup criou um programa onde é possível acompanhar, como parte de equipe e não como turista, uma expedição arqueológica nas águas da costa da Sicilia, na Itália

O projeto foi dividido em oito missões de uma semana, que terá inicio no dia 20 de junho e irá até 21 de agosto. Em cada uma delas, os aventureiros serão parte de uma equipe de 3 pessoas que vai documentar e fotografar um sitio arqueológico submerso com destroços de antigos navios romanos que naufragaram há cerca de 2.000 anos.

O submarino usado no projeto, o C-Explorer 3, é construído para parecer que o passageiro está dentro de um aquário, com vista 360º de toda área. O turista vai trabalhar junto à arqueólogos  marinhos e um piloto especializado.

“Esta é realmente uma experiência única”, diz Ian Koblick, cofundador da Aurora Trust Foundation. “Você irá se tornar um autêntico explorador e uma das pouquíssimas pessoas em 2.000 anos a ver os destroços de antigos navios romanos.”

Mas a brincadeira sai cara: US$ 20.000,00 (algo em torno de R$ 61.000,00). O valor inclui todas as despesas como estadia, alimentação e traslado.

Topo