Lifestyle

Champanhe lança livro com receitas de chefs prestigiados

Edna Marcelino

Edna Marcelino

As páginas do livro Krug & Potato, que será lançado pela famosa maison de champagne este ano, ficarão ainda mais irresistíveis com a participação de Tsuyoshi Murakami, do restaurante Kinoshita. O premiado chef criou uma receita, tendo a batata como principal ingrediente, especialmente para harmonizar com o champanhe. O livro terá dois volumes: Europa e Ásia. A batata-doce com caviar de salmão assinada por Murakami, único chef com atuação no continente americano convidado para participar da publicação, dividirá as páginas com criações de europeus, entre eles, o chef Robert Skubisz, do Amber Room, em Varsóvia.

A ideia da maison foi oferecer aos chefs o desafio de combinar um ingrediente tão simples como a batata com o cobiçado champanhe. O livro será distribuído para clientes selecionados pela marca, mas a receita de Murakami, batizada de kappo krug sweet potato, estará disponível durante todo o ano de 2015 no Kinoshita. O novo menu, que conta ainda com delícias como o polvo ao pesto de shisso e vieiras e camarão ao perfume de yuzu, também marca o aniversário de sete anos do restaurante.

Jessica Julmy, diretora da Krug, esteve no Brasil recentemente para participar das comemorações de sete anos de aniversário do parceiro Kinoshita. A casa está entre as dez no mundo que abrigam um Krug Ambassade, espaço para apreciar o champanhe da marca com atendimento diferenciado. “O Kinoshita foi escolhido para participar do livro devido à conexão, digamos, pessoal que a Krug tem com o restaurante”, disse. Durante um almoço com Marcelo Fernandes, sócio do Kinoshita, a executiva aproveitou para eleger suas preferências. “O Krug Rosé realça muito bem o sabor do wagyu. Com atum mebachi e foie gras, ele é simplesmente sublime.”

Durante o encontro, os dois também degustaram o Krug Grande Cuvée. “Ele combina bem com todos os pratos.” Apesar do sucesso do Kinoshita como embaixador, a executiva admite que há entre parte dos fãs da culinária japonesa certa relutância em harmonizar vinhos ou champanhes com sashimis e outros acepipes. Mas ela tem uma resposta que deixa pouca, ou nenhuma, margem para discussão: “O Japão é, de longe, o maior mercado da Krug”.

Comentários
Topo