Lifestyle

Le Cirque Las Vegas reinventa cardápio com prato de R$ 1.000

Divulgação

Divulgação

Há 13 anos, o restaurante francês Le Cirque é considerado AAA Five Diamond, ou seja, o melhor possível. Sempre muito tradicional, o restaurante está em Las Vegas há 16 anos e se manteve praticamente igual desde então, desde o cardápio até a equipe.

Até o último mês de março. Por muitos anos turistas vão à Las Vegas procurando pratos muito caros que proporcionem uma experiência única. O Le Cirque nunca teve uma opção desse tipo, afinal, não faz o tipo francês, apesar de ser comum em Vegas.

“Recebemos diversos pedidos no passado, mas obviamente sempre demos um jeito”, conta o gerente Ivo Angelov. “Mas não é algo para se orgulhar ou falar sobre.” A demanda se tornou inegável. O chef Wilfried Bergerhausen fez uma brincadeira audaciosa e adicionou ao cardápio uma opção para ver até onde o publico ia. O novo prato do restaurante custa US$ 325 (R$ 1.015)

Angelov conta como eles chegaram à ideia do prato: “cada um dos ingredientes mais caros do nosso cardápio nós colocamos em um prato”. O prato criado por Bergerhausen, chamado de Ultimate Surf and Turf, é como um Frankentein e tem: bife Kobe japonês, molho perigourdine, feito de trufas, foie gras, lagosta com molho, caviar e outros ingredientes.

Angelov lembra que toda a equipe pensou que seria algo ridículo. Entretando, eles foram surpreendidos. Na noite de lançamento do prato, foram nove pedidos. A popularidade do prato durou alguns meses. Um garçom estima que eram, aproximadamente, 20 pedidos por mês.

Recentemente, o prato foi tirado do cardápio. Ainda assim, é possível pedi-lo na maioria dos dias, de acordo com Angelov, mas isso evita um estranhamento dos clientes sobre o preço. “Deste modo, nós mantemos o prato exclusivo, ao mesmo tempo em que evitamos que patronos sintam-se desconfortáveis se seus convidados pedirem”, explica.

Comentários
Topo