Lifestyle

Norte-americanos e britânicos são os que menos se importam com mudanças climáticas, diz estudo

iStock

iStock

Os cidadãos norte-americanos e ingleses são os que menos consideram as mudanças climáticas um problema real. É o que aponta um novo estudo divulgado pela empresa de pesquisa de mercado YouGov com 15 países dos quatro continentes.

Dentre os pesquisados, 32% dos americanos acreditam que as mudanças climáticas “não são um problema sério”, o nível mais elevado dentre todos os países pesquisados. Os britânicos vêm logo atrás com 26%. Mais países europeus também não acreditam na gravidade do problema: Finlândia (23%), Noruega (22%) e Alemanha (11%).

Malásia e Indonésia são os países em que os cidadãos mais se mostram contrários a essa ideia, 2% e 3%, respectivamente. Apenas 4% dos chineses acham o mesmo.

Estas porcentagem parecem refletir em outros dados: 60% dos chineses são a favor de seu país na liderança do combate às emissões globais de poluentes, enquanto 44% dos norte-americanos e 41% dos britânicos são acham o mesmo.

Países de todo o mundo vão se encontrar em dezembro em Paris para formular um acordo internacional majoritário para a redução de gases do efeito estufa, o mais importante desse tipo na história.

Comentários
Topo