Lifestyle

Novo hotel inglês possui spa com águas termais “com poder de cura”

spa britanico divulgaçao

Divulgação

As pessoas de Bath, uma pequena cidade no interior da Inglaterra, levam sua fonte de água termal natural muito a sério. Segundo a cultura da região, as águas do local têm “poder de cura”.

Não é, portanto, nenhuma surpresa que, quando a rede de hotéis YTL recebeu autorização para construir um spa de luxo em cima dessas piscinas de águas termais, tenha surgido uma grande polêmica. Este é o primeiro hotel no Reino Unido a utilizar esse tipo de recurso.

O Gainsborough Bath Spa Hotel abriu no dia 1º de julho entre museus e prédios, em uma pequena rua de pedra, na parte mais antiga da cidade. O prédio do século 17 já serviu como um hospital e, depois, foi parte da Universidade de Bath.

Este é o segundo hotel cinco estrelas da cidade e tem muitas as regalias: quartos desenhados pela designer premiada Alexandra Champalimaud, presidente da Champalimaud Design; um restaurante sob o comando do premiado chef alemão Johann Lafer; e um bar coberto que serve gin tônica em bules de vidro. No entanto, o ponto alto do hotel é mesmo o spa com as águas termais da cidade. Os outros hotéis utilizam água de torneira comum, de acordo com o gerente do Gainsborough.

O spa foi planejado pela famosa designer de spas Sylvia Sepielli, que viajou com sua equipe três vezes para a Itália para estudar locais como as Termas de Caracala, em Roma, e aprender como as águas termais foram usadas ao longo dos séculos.

No hotel, os hóspedes não se banham da mesma forma que os romanos faziam. A água é tratada com cloro e outros componentes para ser purificada. O poder curativo desses banhos cheios de minerais não é comprovado, mas seu aspecto esotérico é o que atrai turistas, de acordo com Sylvia.

Comentários
Topo