Lifestyle

Como limitar os dados que você fornece aos aplicativos quando faz login via Facebook

novo recurso facebook

iStock

Muita gente sabe que uma boa alternativa para se cadastrar nos aplicativos móveis é fornecer seus dados diretamente pelo Facebook, sem precisar criar uma nova conta e preencher tudo novamente.

A facilidade, no entanto, permite que os aplicativos acessem vários dados da rede social do usuário, como data de nascimento e e-mail pessoal. Isso porque, ao baixar o app, a pessoa precisa concordar com o acesso a todas essas informações.

FOTOS:5 dicas para tirar fotos de revista com o iPhone

Para resolver isso, há alguns meses, o Facebook criou um novo design para o login do seu aplicativo móvel, de forma que os usuáriospossam editar quais informações pessoais permitem que sejam disponibilizadas a outros apps. Ou seja, você pode até concordar com o compartilhamento deus seus “likes”, mas não de seus outros dados.
Mesmo que sútil, essa mudança traz um controle de privacidade maior aos usuários e é algo que nem todo mundo conhece ainda. Se for considerado que 80% dos aplicativos para dispositivos iOS e Android oferecem a opção de acesso via Facebook, com diferentes graus de compartilhamento de informações pessoais, vale a pena entender como esse novo recurso funciona.

Passo a passo

Agora, há uma nova alternativa para editar seus dados. Depois que o aplicativo pergunta se você quer fazer o acesso via Facebook, surge uma tela que mostra quais informações pessoais serão compartilhadas. Antes da mudança, o app só oferecia uma opção: aprovar ou cancelar.
Ao clicar em “editar”, você verá uma tela que separa as informações por itens, que incluem: lista de amigos, aniversário, e-mail, curtidas do Facebook e número de telefone. A partir daí, você consegue selecionar qual desses dados deseja compartilhar com determinado aplicativo.

LEIA MAIS: Yahoo! cria app de mensagens instantâneas com vídeo sem áudio

Também existe outra opção que previne que um app publique determinados conteúdos por você na rede social. Mas, se você não liga que isso aconteça, é possível ao menos selecionar o público que terá acesso a essas informações (amigos, determinados grupos, só você etc.)
Mesmo que o Facebook declare que visa tornar sua plataforma mais transparente no quesito privacidade, uma boa sugestão é checar, frequentemente, quais aplicativos estão conectados à sua rede. Portanto, se você não acessa determinados aplicativos há algum tempo, provavelmente deveria se desconectar deles para garantir a sua segurança.

Comentários
Topo