Lifestyle

“Melhor adega do mundo” armazena 3 mil garrafas e custou US$ 100 mil

Reprodução

Reprodução

Muitas pessoas apreciam uma taça de vinho de vez em quando. Já outras gostam tanto que se tornam grandes colecionadores da bebida. Craig Weis é um grande colecionador de vinhos e possui uma das adegas mais impressionantes do mundo em sua casa em Memphis, nos Estados Unidos. Ele não poupou gastos para encomendar a locação com a Revel Custom Wine Cellars, que criou um design único para seu cliente.

O responsável pelo projeto é James Cash, especialista em adegas modernas. O sistema utilizado foi pensado para aumentar a capacidade de garrafas e ao mesmo tempo tornar fácil consultar os rótulos, já que os vinhos ficam visíveis quando armazenados.

FOTOS: Riviera Suíça: a melhor região de vinhos que você nunca ouviu falar

O trabalho foi eleito pela FORBES em 2012 como a melhor adega do mundo e Cash afirma que essa é o melhor exemplar da empresa até hoje. O local foi feito com uma madeira escura de Fiji, sem revestimentos ou seladores (para evitar que vapores estraguem o vinho). A madeira nas paredes contrasta com os tijolos e as pedras do chão. O local é cheio de armários com mecanismos para suavizar o fechamento das portas. Um sistema giratório permite guardar um grande número de garrafas e ainda facilita para vê-las. O local é equipado com controle de temperatura e luzes LED, que não esquentam.

No centro de adega, é possível ver facilmente 70% da coleção. As prateleiras e gavetas, que comportam garrafas de tamanho diferentes enfileiradas, permitem a catalogação e a organização, sem serem necessárias etiquetas de identificação.

VEJA TAMBÉM: Startup lança organizador para colecionadores de vinho

Cash estima que a coleção de 3.000 garrafas de vinho estocada ali vale mais de US$ 1 milhão. Weiss investiu mais de US$ 100.000 na adega. O preço usual da empresa é de US$ 35.000 para armazenar 1.000 garrafas.

Comentários
Topo