Lifestyle

Tradicionais táxis pretos de Londres serão substituídos por modelos elétricos

Divulgação

Divulgação

Londres logo terá uma nova versão, mais sustentável, do seu tradicional táxi preto. Os futuros modelos TX5, com teto de vidro, não utilizarão mais combustível diesel, mas energia elétrica, livre de emissões e devem ser entregues em 2017 pela montadora chinesa Geely. A medida tem o objetivo de atender as metas de emissões zero.

FOTOS: Austrália tem corrida de carros movidos à energia solar no deserto

O novo TX5 busca capturar o espírito do antigo modelo adaptado às novas mudanças, com tecnologias mais recentes e melhores. O foco é conforto tanto do motorista, que terá mais espaço para as pernas, quanto dos seis passageiros que podem ser acomodados.

MAIS FOTOS: Honda apresenta linha-conceito para mobilidade humana

Os táxis menos agressivos ao meio ambiente representam um avanço para Londres, que vem investindo £ 250 milhões (R$ 1,5 bilhão) em uma nova fábrica que produzirá 36.000 novos táxis por ano.  A Geely, responsável pelos automóveis, pretende disponibilizar o TX5 para todo o Reino Unido em 2017 e para o mercado internacional em 2018.

Comentários
Topo