Lifestyle

Los Angeles é a primeira cidade a testar o futuro da internet sem fio

Reprodução/FORBES

Reprodução/FORBES

Os moradores de Los Angeles podem adeus às grandes, numerosas e tradicionais torres de telefonia. A cidade começou a apostar alto nas redes 4G. A segunda cidade mais populosa dos Estados Unidos anunciou publicamente na quinta-feria que está equipando 100 postes com um tipo de equipamento de rede chamado “small cells”, em um esforço para melhorar a cobertura de telefonias celulares.

Os “SmartPoles”, “postes inteligentes” com a nova tecnologia, são fruto de uma colaboração entre a gigante Philips LED e a empresa de telecomunicações Ericsson. Ambas anunciaram que estavam trabalhando juntas em produto com small cells em 2014.

VEJA TAMBÉM:Designer neozelandês cria “casa na árvore” com vista de 360º e Wi-Fi

Los Angeles é a primeira cidade para a implantação da tecnologia que será usada para melhorar a capacidade da rede em áreas que já são densamente povoadas e requerem alto uso de dados móveis e nos locais onde o uso de dados tende a subir rapidamente.
A tecnologia apontada como o futuro das redes celulares é ainda mais barata que a implantação de torres, além de oferecem uma conectividade mais rápida. Grandes operadoras telefônicas têm falado sobre planos de implantação de small cells para aumentar o seu desempenho de rede.

NÃO PERCA: Como comprar uma casa e um carro em cinco anos, segundo o maior bilionário de Hong Kong

O mercado do novo sistema deve crescer 43% ao ano até 2020, de acordo com pesquisas da ABI, Allied Business Intelligence, empresa de pesquisa especializada em tecnologias e investimentos de mercado. A Philips e a Ericsson esperam que os smartpoles tornem mais viável o uso da tecnologia small cells para as operadoras de telefonia móvel, que podem alugar espaços nos postes sem ter de convencer proprietários individuais à instalarem o equipamento em suas casas.

O projeto ainda não tem números concretos sobre uma melhora no desempenho do sinal 4G, mas “eles estão atendendo ou superando as expectativas das operadoras de telefonia móvel”, disse Christoph Herzig, comandante das estratégias de mercado mundiais da Philips.

Comentários
Topo