Lifestyle

Panerai apresenta o Radiomir 1940 3 Days Automatic

Divulgação

Divulgação

A italiana Panerai acaba de apresentar o novo Radiomir 1940 3 Days Automatic. Com estilo tradicional e complexidade moderna, o modelo esportivo, fabricado na Suíça desde que a marca foi comprada pela Richemont, é leve e distingui-se pelas suas linhas essenciais.

A sua forma e proporções inspiraram-se nos modelos vintage da Panerai. Pela primeira vez em um relógio da coleção Radiomir 1940, o mostrador vem na cor branca. Seu design gráfico maximiza a clareza e a legibilidade, com grandes figuras pretas correspondendo aos índices horários e o pequeno ponteiro dos segundos às nove horas. A caixa em forma de almofada, em aço inoxidável AISI 316L com acabamento polido, tem 42 mm de diâmetro e apenas 10,93 mm de espessura.

NÃO PERCA: 18 relógios que todo colecionador deve ter

No fundo do Radiomir 1940 3 Days Automatic há uma janela redonda em cristal de safira através da qual se pode ver o movimento automático P.4000, inteiramente desenvolvido pela Manufatura da Officine Panerai em Neuchâtel. A estrutura do calibre é robusta, com uma ponte rotativa inteira com apoios duplos que equilibram a oscilação, alternando a uma frequência de 28 800 vibrações por segundo.

No entanto, o mais interessante para os entusiastas da alta relojoaria é o peso oscilante descentrado, inserido no movimento, que torna possível que o calibre tenha apenas 3,85 mm de espessura. Feito em tungstênio, o rotor oscila em ambas as direções e está ligado a dois barriletes em série que armazenam a reserva de marcha até três dias, o novo padrão mínimo para a reserva de marcha dos relógios Panerai equipados de movimentos de manufatura.

O novo Radiomir 1940 3 Days Automatic tem uma hermeticidade de cerca de 100 m e é fornecido com uma correia em pele de búfalo castanho, com costura contrastante.

Comentários
Topo