Lifestyle

Emilio Pucci lança linha de skates

Divulgação

Divulgação

Estampas multicoloridas, peças autênticas, cores vibrantes e formas geométricas e um tanto quanto psicodélicas são marcas registradas da grife italiana Emilio Pucci. Ela surgiu em 1948, quando Pucci desenhou seu segundo protótipo de coleção de roupas de esqui — o primeiro foi para o time da Reed College, nos Estados Unidos, onde cursava ciências políticas. Na época, as peças fizeram parte de uma edição especial de inverno da revista Harper’s Bazaar.

Depois disso, Pucci não saiu mais do mundo da moda. Em 1950, abriu sua maison na ilha de Capri, vendendo roupas masculinas e femininas. Em um certo momento, elaborou peças de uma coleção para a namorada, cheia de frescor e modelagens livres, algo diferente da alta-costura francesa. Foi nesse período que apresentou suas famosas calças capri, muito usadas por Audrey Hepburn e Jackie Kennedy.

LEIA TAMBÉM: O segredo do sucesso de Tommy Hilfiger

Suas roupas valorizam o corpo feminino, sem deixar de lado a leveza e o conforto. São muitas túnicas, saias compridas, vestidos mais largos e camisas. As bolsas, coloridas e estampadas, também são queridinhas da marca. Com uma vasta variedade de artigos, o que faltava era um skate assinado pelo grande estilista para o consumidor mais radical chamar de seu. Lançada em outubro, a primeira linha do produto, de edição limitada, segue à risca o estilo da grife. São sete estampas diferentes e dois modelos.

Divulgação

Divulgação

Fruto de um projeto estudantil da Ecal (Universidade de Arte e Design, em Lausanne, Suíça), a coleção traz os desenhos característicos reinterpretados de uma forma inovadora. Os alunos fizeram uma imersão nos arquivos da Emilio Pucci para poder inspirar-se. Uma das estampas, por exemplo, traz uma série de referências à cultura italiana, como massas e sorvetes.

FOTOS: Ferragamo transforma vila medieval da Toscana em hotel de luxo

Ambos os modelos – o street shape, skate profissional para a prática de manobras, e o cruiser shape, um modelo pequeno e prático, voltado para o dia a dia, com rodas mais largas, facilitando o deslize no asfalto – são pranchas autênticas, produzidas em madeira e estampadas com uma técnica que garante a qualidade das imagens, resistência a riscos, alta durabilidade e maior qualidade em comparação a procedimentos comumente aplicados aos outros skates. Vendidos exclusivamente no site da marca, custam € 370. É o meio de transporte mais estiloso dos últimos tempos.

Comentários
Topo