Lifestyle

Rolex inicia quarto ano de parceria com a Fórmula 1

Jackie Stewart, piloto parceiro da Rolex (Divulgação)

Jackie Stewart, ex-piloto parceiro da Rolex (Divulgação)

A Rolex iniciou seu quarto ano consecutivo como patrocinadora principal do Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1, que ocorrerá no icônico Albert Park Circuit, em Melbourne, assim como da categoria, que será o mais longo da história com 21 corridas. Incluindo o primeiro Grande Prêmio no Azerbaijão e a volta do Grande Prêmio da Alemanha, em julho.

A busca por excelência e perfeição são características que unem a Rolex e a Fórmula 1 e dão sentido à parceria de longa data, que marcou o início de uma importante era de mudanças, com times e pilotos desafiados a integrar tecnologias inovadoras e sustentáveis ao mesmo tempo em que entretêm os fãs do automobilismo com experiências de corrida cheias de ação, o que requer níveis elevados de precisão e performance.

LEIA TAMBÉM: Richard Mille e Aston Martin fazem parceria para coleção de relógios

O diretor de comunicação e imagem da Rolex AS, Arnaud Boetsch, disse: “O automobilismo sempre foi uma parte empolgante da cultura da Rolex graças a sua paixão compartilhada por performance, inovação e tecnologia de ponta. Como parceira global da Fórmula 1, é apropriado que a Rolex esteja tão proximamente associada ao Grade Prêmio da Austrália pelo quarto ano consecutivo. Anunciada como uma das corridas mais aguardadas da temporada, nós estamos muito ansiosos para o início do campeonato.”

O comprometimento duradouro da Rolex com a Fórmula 1 destaca a força do relacionamento entre a relojoaria suíça e o ápice do automobilismo. Com uma paixão por velocidade e alta performance, a Rolex desenvolveu o relógio de corrida Cosmograph Daytona, em 1963, e cultivou estimadas parcerias com alguns dos pilotos mais celebrados dos últimos 50 anos, incluindo o três vezes campeão da Fórmula 1 Sir Jackie Stewart. “Com mais um ano da Fórmula 1 começando, é um privilégio ver uma marca global de prestígio como a Rolex continuando a apoiar o automobilismo em um nível tão alto”, disse o ex-piloto.

Comentários
Topo