Lifestyle

Conheça David Grutman, a nova realeza de Miami Beach

Acompanho a noite de South Beach desde o fim dos anos 1980, quando basicamente o único clube que realmente existia era um pequeno lounge na Española Way com capacidade para 180 pessoas chamado Spot, que muitos pensavam pertencer ao ator e ex-pugilista Mickey Rourke, que sempre estava por lá com sua entourage.

No inicio dos anos 1990, era ali que você encontrava todas as celebridades e modelos que iam para Miami Beach em busca de diversão noturna. Para entrar ali, ou você era famoso ou amigo do Gary, dono do local, ou do Gilbert — um doorman famoso daquela época ali na praia. Da metade daquela época em diante, a noite da cidade começou a viver um boom na abertura de night clubs que se multiplicavam em rápida velocidade, consolidando South Beach como uma das mecas da nightlife dos Estados Unidos.

Isabela Rangel, Ashley Benson e David Grutman em uma festa em Miami, em janeiro de 2016 (Getty Images)

Isabela Rangel, Ashley Benson e David Grutman em uma festa em Miami, em janeiro de 2016 (Getty Images)

Talvez tenha sido por isso que, em 1996, um jovem chamado David Grutman decidiu que iria passar um ano morando e se divertindo em South Beach, onde atuaria como bartender, antes de voltar para a sua cidade natal, Naples, também na Flórida, para — seguindo o conselho do seu pai, banqueiro — trabalhar com seguros após se formar em finanças na Universidade da Flórida.

O começo não foi fácil. “Eu fui falar com Eric Omores, da Bash, e ele não me contratou. Fui falar com o Tommy Pooch, do Nikki Beach, fui ver o Eric Levin, do Chilli Pepper, e eu era aquele judeu meio cheinho… Acho que eles olhavam e pensavam: ‘Nós não vamos contratar você’. Eu vivia checando com o Eric Omores para saber se tinha uma vaga para mim”, diz. Depois de muitas tentativas sem sucesso, o único emprego que ele conseguiu foi em um restaurante chamado Biz Bistro, no Aventura Mall, bem longe de South Beach —na distância e no glamour —, mas era ali que sua história começaria a mudar na sua caminhada rumo ao topo do mundo do entretenimento e da hospitalidade, a história daquele que hoje é considerado o Rei da Noite de Miami.

O dono do Aventura Mall, Don Soffer, era dono também do Biz Bistro, onde Dave — como Grutman é chamado pelos amigos —, influenciado pelos chefs Victor e Sacha Lyons, se apaixonou por culinária e hospitalidade ao mesmo tempo em que se descobriu um excelente bartender que sempre conversava e interagia com os principais clientes da casa, que vinham até o bar após suas partidas de golfe e recompensavam o excelente serviço daquele comunicativo e simpático rapaz com gorjetas que às vezes passavam dos 100 dólares.

Jeffrey Soffer, desenvolvedor imbobiliário de Miami, e a esposa  Elle Macpherson; ele sócio de Grutman nas casas noturnas (Getty Images)

Jeffrey Soffer, desenvolvedor imbobiliário de Miami, e a esposa Elle Macpherson; ele sócio de Grutman nas casas noturnas (Getty Images)

Ao mesmo tempo em que adorava o que estava fazendo e o que estava ganhando, Dave queria mais: assumir um cargo de liderança e gerenciar a operação. Pronto, David Grutman decidira que era isso que ele queria fazer pelo resto da vida: entertainment
& hospitality.

Pouco tempo depois, Dave já era o gerente do Biz Bistro e, mesmo ganhando menos do que ganhava com as gorjetas como bartender, os números àquela altura não eram tão importantes, porque, além de estar fazendo o que mais gostava, ele estava construindo a rede de relacionamentos que lhe permitiu chegar onde está hoje. Don Soffer é pai de Jeff Soffer, hoje sócio de Grutman em todas as suas casas noturnas. Eles se conheceram e ficaram amigos no período em que David trabalhou no Biz Bistro. “Relacionamentos são tudo neste mundo. Você nunca sabe… Eu estava trabalhando num restaurante dentro de um shopping, você imagina? Por causa daquela relação que eu construí ali e mantive durante os anos, quando o Jeffrey teve uma oportunidade e um lugar onde achava que eu poderia somar, ele me procurou e eu construí meu nome desde então.”

Jeffrey “Jeff” Soffer, o empresário, casado com a ex-top model Elle Macpherson, dono da incorporadora Turnberry Associates — que é proprietária do Aventura Mall — e também do luxuoso hotel cinco estrelas Fontainebleau Miami Beach, estava terminando a multimilionária reforma do famoso hotel em 2008, quando ligou para Grutman dizendo que ele era a pessoa ideal para tocar a enorme casa noturna do hotel. David então ligou para o seu amigo Ed Razek, da Victoria’s Secret, para quem já fazia alguns eventos, e disse que ele precisava mudar o badalado desfile Victoria’s Secret Fashion Show de Nova York para a inauguração da LIV e do hotel. Ele o fez, e ali estava selado o sucesso da casa que até hoje é a mais badalada da costa leste americana, e que fatura por volta de 45 milhões de dólares por ano — está entre as três casas noturnas de maior faturamento do país, sendo que é a única que não está dentro de um cassino. A Story, inaugurada quatro anos depois, segue o padrão high-end da irmã mais velha.

Antes da LIV, Grutman teve passagens por outros clubs que fizeram história na Flórida, como o Velvet Lounge, uma pequena casa noturna em Fort Lauderdale, mas talvez tenha sido no Tantra Restaurant & Lounge, um dos mais badalados clubs de Miami Beach — e talvez a melhor balada de segunda-feira à noite no mundo, por muitos e muitos anos —, que ele se credenciou para o estrelato. Em meados dos anos 2000, ele foi convidado para comandar o Opium Group, dono de casas noturnas como Cameo, Mansion, Set e Mokai.

Grutman e Violet Camacho em uma festa no Komodo (Getty Images)

Grutman e Violet Camacho em uma festa no Komodo (Getty Images)

Desde 2008, Grutman é sócio da Miami Marketing Group (MMG), que administra e opera as casas noturnas LIV e Story, além do LIV Sun Life Stadium, o nightclub dentro do estádio do Miami Dolphins, que proporciona, durante os jogos, uma experiência de balada aos torcedores do time de futebol americano. Ele foi eleito pela revista Rolling Stone a 11ª pessoa mais importante da música eletrônica. Sua sacada foi pegar o formato das festas de Ibiza, regadas a go-go dancers, música eletrônica e confete, e levá-lo para os Estados Unidos.

No fim do ano passado, Grutman entrou em um novo segmento: inaugurou o restaurante Komodo, de culinária asiática, em parceria com o restaurateur Jeffrey Chodorow — os brasileiros que frequentam Miami há mais tempo irão lembrar do China Grill, que era dele. Seu próximo passo será um hotel, que ficará no número 6 da Washington Avenue e deve ficar pronto até o início de 2019. “Quero ser uma marca de lifestyle completa. Quero que as pessoas se divirtam nos nossos clubs, comam nos nossos restaurantes e descansem e durmam nos nossos hotéis.”

Em março deste ano, o empresário casou-se com a modelo brasileira Isabela Rangel, seu braço direito nos negócios. “Fizemos o Komodo juntos. Ela fez o menu base”, afirma. Foi um dos casamentos mais badalados que Miami já viu: passaram por lá uma enorme lista de celebridades que fazem parte do círculo de amizades que Grutman construiu nesses anos de entertainement-hospitality… “Relacionamentos são tudo neste mundo”, lembram?

Casamento de David Grutman e Isabela Rangel (World RedEye)

Casamento de David Grutman e Isabela Rangel (World RedEye)

David Grutman, Isabela Rangel e Rich Wilkerson Jr.  (World RedEdye)

David Grutman, Isabela Rangel e Rich Wilkerson Jr. (World RedEdye)

Kanye West e Kim Kardashian foram ao casamento de Grutman e Isabela Rangel no Wynwood Wall, no dia 23 de abril de 2016, em Miami, na Flérida. (Getty Images)

Kanye West e Kim Kardashian foram ao casamento de Grutman e Isabela Rangel no Wynwood Wall, no dia 23 de abril de 2016, em Miami, na Flérida. (Getty Images)

A sinergia do casal é enorme. Os dois se complementam: o jeito mais falante e bonachão de Dave (típico de um ótimo salesman) com o jeito mais tímido e calado de Isabela — que entrega sua origem mineira, mesmo depois de tantos anos de Estados Unidos — é a combinação que faz com que qualquer convidado se sinta muito confortável e em casa. Talvez seja por isso que a residência do casal em Miami Beach, a “Groot House”, é um ponto de encontro de sobrenomes como Kardashian, Bieber, Pippen, entre outros, que se refugiam ali das lentes dos paparazzi.

David e Isabela na “The Groot Home”, em Miami Beach (Bianca Cutait)

David e Isabela na “The Groot Home”, em Miami Beach (Bianca Cutait)

David e Isabela na “The Groot Home”, em Miami Beach (Bianca Cutait)

David e Isabela na “The Groot Home”, em Miami Beach (Bianca Cutait)

David e Isabela na “The Groot Home”, em Miami Beach (Bianca Cutait)

David e Isabela na “The Groot Home”, em Miami Beach (Bianca Cutait)

David e Isabela na “The Groot Home”, em Miami Beach (Bianca Cutait)

David e Isabela na “The Groot Home”, em Miami Beach (Bianca Cutait)

David e Isabela na “The Groot Home”, em Miami Beach (Bianca Cutait)

David e Isabela na “The Groot Home”, em Miami Beach (Bianca Cutait)

David e Isabela me recebendo na sua casa, em Miami Beach (Bianca Cutait)

David e Isabela me recebendo na sua casa, em Miami Beach (Bianca Cutait)

Komodo

Quem olha de fora para o endereço localizado na Brickell Avenue, na esquina da 8th Street, no piso térreo de um edifício comercial, não imagina quão grande e bonito o restaurante Komodo é.

São 1.600 metros quadrados distribuídos em três andares. O Komodo combina a culinária do sudoeste asiático com a cozinha do sul da Flórida. Seu nome é uma homenagem à ilha homônima da Indonésia conhecida por abrigar o dragão de Komodo, uma espécie local de lagarto.

O belo Komodo Restaurant (Divulgação)

O belo Komodo Restaurant (Divulgação)

O menu apresenta pratos asiáticos famosos no mundo inteiro, e receitas exclusivas — você vai entender melhor o que eu estou falando quando passar por uma enorme parede envidraçada, onde verá vários patos laqueados pendurados, prontos para serem servidos…

É um dos lugares em que o nosso anfitrião, Dave, mais gosta de fazer os vídeos para suas redes sociais quando recebe seus muitos convidados famosos. Além do Dim Sum e do pato à Pequim, vale a pena experimentar o dover sole crocante, o atum porterhouse e o camarão wasabi. Os coquetéis preparados na casa usam lichia, algumas delas colhidas no jardim do restaurante.

Com DJ Khaled, atual fenômeno da música eletrônica mundial, em frente à fileira de patos, marca registrada do Komodo (Reprodução/Instagram)

Com DJ Khaled, atual fenômeno da música eletrônica mundial, em frente à fileira de patos, marca registrada do Komodo (Reprodução/Instagram)

O projeto do interior, assinado pelo escritório Icrave, de Nova York, transformou o restaurante em um verdadeiro jardim tropical. Os ambientes com iluminação intimista possuem diferentes configurações de mesas e sofás. Destaque para os cinco ninhos flutuantes de pássaros projetados pela Dedon, marca alemã referência em móveis outdoor.

O Tropical Garden, no exterior do Komodo (Divulgação)

O Tropical Garden, no exterior do Komodo (Divulgação)

Por favor, mantenham a calma e prometam não importunar as celebridades com muitas fotos e pedidos de autógrafos… É lá que DJs, cantores e artistas que orbitam o universo da LIV e da Story vão, invariavelmente, antes da balada.

LIV

Localizada nas dependências do luxuoso hotel Fontainebleau Miami Beach, a LIV é o ponto de encontro de VIPs e celebridades. A casa noturna inaugurada em 2008 toca hip hop, house e rock, além de abrigar apresentações ao vivo de artistas da atual cena musical.

Com 1.700 metros quadrados, o nightclub conta com quatro bares. Para atendimento personalizado, os clientes podem optar por um dos seis camarotes ou pelas áreas com banquetas. A decoração tem predomínio da cor rosa e abusa dos espelhos nas paredes.

Na Story, os efeitos visuais nas paredes e no teto são um capítulo à parte, sem nada igual em Miami Beach. A casa noturna é equipada com sistema Infinite Hybrid Sound, da empresa Infinite Audio Systems, especializada em áudio, vídeo e controle inteligente de iluminação.

Aberta em dezembro de 2012, a casa de 2.500 metros quadrados tem 60 mesas VIPs e cinco bares com serviço completo. A programação tem sempre grandes nomes da música eletrônica, como os DJs Alesso e Afrojack.

LIV: a balada das baladas (Divulgação)

LIV: a balada das baladas (Divulgação)

Comentários
Topo