Lifestyle

Four Seasons inaugura segundo hotel em Nova York

A estação de metrô assinada pelo arquiteto Santiago Calatrava fica perto da nova unidade do  Four Seasons (Divulgação)

A estação de metrô assinada pelo arquiteto Santiago Calatrava fica perto da nova unidade do Four Seasons (Divulgação)

Basta você pisar em Manhattan para ouvir alguém falando sobre “the new New York”. A cidade que já nasceu e renasceu em várias direções volta a crescer com força total no coração de Downtown. O novo Lower Manhattan é mais do que apenas a região do distrito financeiro e das tristes lembranças de um setembro do início dos anos 2000. É ali que a nova New York vê prédios icônicos, como a Bolsa de Valores, dividir cada vez mais espaço com butiques de luxo, shoppings high ends, prédios residenciais habitados por gente descolada como publicitários, designers de moda, modelos, tech moguls e milionários do mercado financeiro. E no meio disso tudo o novíssimo e luxuoso Four Seasons Hotel New York Downtown surge como “a” opção de hospedagem do pedaço.

Inaugurada em setembro, essa unidade da famosa rede hoteleira canadense fica a poucos passos da Freedom Tower e do Oculus, o novo hub de transporte público construído no lugar onde ficava a estação do World Trade Center. Considerada a estação de metrô mais cara do mundo – assinada pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava –, a obra é um belo exemplar de arquitetura contemporânea e pode ser admirada a partir de algumas suítes do hotel.
Não precisa andar muito mais para chegar a Wall Street e aos bancos e corretoras que estão ali por perto. TriBeca e SoHo estão ali do lado. Então, diversão noturna também não falta.

NÃO PERCA: 10 destinos internacionais preferidos dos brasileiros para 2017

O moderníssimo prédio é dividido em Hotel e Residences. No Hotel são 189 acomodações decoradas pelo estúdio Yabu Pushelberg – as unidades variam de 37 a 223 metros quadrados. Na área de lazer, chamam atenção o fitness center de 560 m2 e a enorme piscina – isso mesmo, pis-ci-na em NYC – coberta de 23 metros. No Residences são 157 unidades privativas, com preços que variam de US$ 3,75 milhões a US$ 32,5 milhões.

O restaurante CUT by Wolfgang Puck, primeiro estabelecimento do prestigiado chef americano em Manhattan, fica ali, no Four Seasons. A steakhouse oferece café da manhã, almoço e jantar. No menu, opções de carnes com cortes premium do Japão e dos Estados Unidos. Nem preciso dizer que já se tornou um hotpsot instantâneo.

Voltarei a falar do hotel em breve – é muita coisa legal para este pouco espaço. Mas já deixo a dica: da próxima vez que você for a Manhattan, não hesite em mandar um “take me downtown” para o seu chauffeur.

A piscina coberta tem 23 metros (Divulgação)

A piscina coberta tem 23 metros (Divulgação)

Comentários
Topo