Lifestyle

Jaguar XKSS, um dos modelos esportivos mais raros da marca, vai a leilão por até US$ 18 mi

Jaguar XKSS

Lendário Jaguar XKSS é conhecido por ser um dos carros mais charmosos do mundo (Reprodução/FORBES)

O Jaguar XKD – ou D-Type – foi um dos carros esportivos de corrida de maior sucesso da história, tendo vencido em Le Mans, tradicional campeonato automobilístico, por três anos consecutivos, em 1955, 1956 e 1957. Junto com o C-Type, que ganhou nos anos de 1951 e 1953, o D-Type constituiu a base que tornou a Jaguar uma lenda. Com modelo aerodinâmico desenhado por Malcolm Sayer, também é um dos carros esportivos de corrida mais charmosos do mundo.

As regras das corridas mudaram em 1958, e o Jaguar com seis cilindros já não era mais competitivo. As bordas eram finas nos modelos dos anos 1950 (e continuam até hoje), e o chefe da Jaguar, William Lyons, precisou dar um destino a um lote de 25 carros D-Type não vendidos. Dessa forma, os automóveis começaram a ser convertidos para serem usados nas ruas e rodovias. O resultado foi o XKSS, um dos carros esportivos mais raros e divertidos da Era Dourada, muito mais charmoso do que o modelo de corrida no qual foi baseado. Apenas 16 unidades do XKSS foram finalizadas antes do incêndio que atingiu a fábrica de Browns Lane – nove não foram entregues. O acidente valorizou ainda mais o XKSS. A Jaguar renasceu das cinzas e aplicou as lições aprendidas com o D-Type e o XKSS para criar o E-Type, um modelo para estrada.

LEIA MAIS: Jaguar relança série limitada do clássico XKSS, por R$ 4 milhões

No próximo mês, a Gooding & Company vai leiloar um XKSS Ilha Amélia, na Flórida. Sob o chassi XKSS 716, o carro foi entregue novo a Montreal, no Canadá, onde correu com sucesso entre 1957 e 1961. Depois disso, passou pelas mãos de vários entusiastas da marca. O proprietário atual adquiriu seu XKSS 716 quase duas décadas atrás.

Nos últimos anos, o XKSS 716 recebeu uma restauração completa e de alta qualidade pela empresa especializada Pearsons Engineering, localizada no Reino Unido. O automóvel fez sua estreia nas competições de carros vintage em 2010, no Pebble Beach Concours d’Elegance, evento realizado anualmente na Califórnia. Desde então, o XKSS 716 já foi exibido na Concorso d’Eleganza Villa d’Este e participou de tours vintage na Europa e na América do Norte.

LEIA TAMBÉM: 10 melhores carros do Salão do Automóvel de Detroit 2017

O XKSS é lendário o suficiente e tão importante para a marca que a divisão Classic da Jaguar construiu nove carros, para cumprir a antiga meta de 25 veículos interrompida pelo incêndio em Browns Lane. Esses carros provavelmente já foram todos vendidos e vão passar por dono particulares nos próximos anos. Uma década se passou até que um dos 16 XKSS originais fosse colocado em um leilão. A estimativa é de que seu preço chegue a algo entre US$ 16 milhões e US$ 18 milhões.

Comentários
Topo