Lifestyle

Conheça o Venice, o novo veículo de três rodas da Vanderhall

O número três é mágico. Quando se trata de veículos motorizados, os meios de transporte de três rodas então em uma posição privilegiada entre a moto e o carro. Fabricantes especializados estão apostando nessa onda crescente com a seleção de características de ambos os modelos para criar um veículo que tem o melhor dos dois mundos. Na realidade, este delicado equilíbrio é uma busca um tanto quanto romântica – um nicho dentro de um nicho. Mas é uma criação que faz total sentido. E, nessa tendência, há uma marca que merece destaque: a Vanderhall, responsável pela produção do Venice 2017.

VEJA TAMBÉM: Novo Model S, da Tesla, é o carro mais rápido do mundo

Como a maioria das paixões, o modelo provoca amor à primeira vista. O Venice é um pequeno veículo de dois lugares, lado a lado, em um cockpit aberto, com duas rodas dianteiras e uma roda traseira centralizada. Com 3,6 metros de comprimento, 1,7 m de largura e 1,1 m de altura – e uma distância de eixos de, aproximadamente, 2,5 m, pesa 624 quilos. Apenas para efeito de comparação, o subcompacto Honda Fit tem 4 m x 1,7 m x 1,5 m, uma distância de eixos de 2,5 m e pesa 1.134 quilos.

De acordo com a fabricante, modelo alcança 97 km/h em 4,5 segundos

O Venice tem estrutura de ABS (sigla em inglês para “acrilonitrila butadieno estireno”, um tipo de plástico) sobre um chassi de alumínio – tudo integrado. Parte da estrutura subjacente é visível no exterior do veículo. Os painéis da carroceria são lustrosos e arredondados, com arcos estreitos que abrigam as rodas dianteiras aro 18.

Não é fácil projetar e construir um veículo de três rodas tão estiloso. Sob o capô do veículo, está um motor turbinado 1.4 de quatro cilindros LUV da General Motors, capaz de produzir 180 cavalos. Diferente do Polaris Slingshot, outro veículo de três rodas, o Venice conta com tração dianteira. E isso resulta em um manuseio e direção sem grandes surpresas, aproveitando a distribuição de peso do veículo (70% na frente e 30% na parte de trás) para assegurar máxima tração. No quesito aceleração, a fabricante afirma que ele é capaz de alcançar 97 km/h em apenas 4,5 segundos.

LEIA MAIS: Conjunto de rodas mais caro do mundo custa US$ 600 mil

As autoridades norte-americanas ainda não chegaram a um consenso sobre os veículos de três rodas. Alguns estados classificam a novidade como uma moto, e isso faz com que os motoristas precisem de uma licença especial para dirigí-lo. Outros estados entenderarm que trata-se de um carro. Na Califórnia, por exemplo, ele está classificado como um intermediário: uma motocicleta, mas sem a exigência de documentação específica. A mesma confusão existe com relação ao uso de capacetes.

A Vanderhall conta com negócios em sete locais dos Estados Unidos atualmente – Houston, Salt Lake City, Las Vegas, Filadélfia, Los Angeles, Daytona Beach e Tampa Bay – e tem planos de expansão. Sua capacidade de produção atual é de 1.000 unidades por ano, que é bastante alta para uma fabricante que ainda é uma startup.

E MAIS: Salão do Automóvel Internacional de Nova York 2017: luxo, veículos utilitários e potência

Veja, na galeria de fotos, mais informações sobre o novo Venice 2017:

  • Sem portas ou vidros, o carro possui faróis redondos de LED.

  • O Venice tem estrutura de ABS (sigla em inglês para “acrilonitrila butadieno estireno”, um tipo de plástico) sobre um chassi de alumínio – tudo integrado.

  • No interior, os dois assentos aquecidos são revestidos em couro preto V-Tex. O volante personalizado lembra o automobilismo clássico, com um aro de madeira polida em torno de uma estrutura de aço. O painel do carro conta com design clássico, e há um pequeno porta-luvas.

  • Os indicadores no painel são analógicos e com design retrô.

  • A roda traseira de 18 polegadas tem 10,5 polegadas de espessura.

  • O Venice foi desenhado e montado na sede da Vanderhall, em Provo, Utah, nos EUA, junto com o veículo de três rodas mais sofisticado da companhia, o Laguna. Os detalhes e o acabamento são de alto nível, tanto interna quanto externamente.

  • A baixa estatura do carro provoca uma sensação de velocidade, como se o motorista estivesse deslizando sobre o asfalto. Apesar dos freios a disco ABS, o Venice não está equipado com controle de estabilidade eletrônico, por isso é necessário alguma precaução e habilidade ao dirigi-lo.

  • Atualmente, o Polaris Slingshot é o maior concorrente do Venice, embora tenha um design menos sofisticado e uma estrutura diferente. Porém, ele é um pouco mais espaçoso.

  • Outros modelos (muito mais caros) de veículos de três rodas incluem o Morgan 3 Wheeler e o Campagna T-Rex. O Can Am Spyder é uma motocicleta com duas rodas dianteiras/traseiras, um modelo que algumas empresas podem seguir.

  • O valor do Venice começa em US$ 29.950 (cerca de R$ 94.300), mais caro que seu principal concorrente, o Polaris Slingshot, que custar a partir de US$ 21.999 (R$ 69.300).

Sem portas ou vidros, o carro possui faróis redondos de LED.

Comentários
Topo