Lifestyle

10 universidades mais antigas e prestigiadas do mundo

Centros de educação superior existem há centenas de anos – e até milênios, em alguns casos. Entretanto, nem todos sobreviveram às ações do tempo. Ao longo dos séculos, muitas das mais antigas universidades do mundo se dissolveram, foram divididas em faculdades autônomas ou se modernizaram.

LEIA TAMBÉM: As melhores universidades norte-americanas de 2017

As instituições mais antigas ainda em atividade são muito importantes, não apenas por seus legados históricos, mas também por provarem capacidade de se adaptar a contextos modernos e continuarem relevantes em um mundo globalizado – apesar da competição acirrada. Muitas das mais antigas universidades do mundo estão entre as mais prestigiadas e conhecidas, oferecendo uma rica mistura de tradição e perspectiva contemporânea.

A maioria delas está localizada na Europa, região que concentra um número particularmente impressionante de universidades de longa data que ainda estão ativas. Porém, existe um número significativo delas também na África.

Veja, a seguir, as 10 universidades mais antigas do mundo que possuem alta reputação internacional:

  • 1. Universidade de Bolonha, Itália
    Fundada em 1088

    A Universidade de Bolonha nunca ficou fora de operação e carrega o título da universidade mais antiga do mundo. Até pouco tempo, oferecia apenas doutorados, mas hoje possui uma gama diversa de programas em todos os níveis. Localizada em Bolonha, na Itália, tem cerca de 84.200 estudantes, dos quais 30.000 são pós-graduados. Entre os alunos famosos estão três papas, vários empresários e muitos políticos italianos.

  • 2. Universidade de Oxford, Reino Unido
    Fundada entre 1096-1167

    Com uma lista de ex-alunos que inclui 27 primeiros-ministros do Reino Unido, 20 arcebispos de Canterbury, cidade que é o principal centro religioso da região, 12 santos e 47 vencedores de prêmios Nobel – além do físico Stephen Hawking – a universidade é extremamente respeitada. A data exata da fundação permanece vaga, mas evidências das aulas mais antigas são de 1096 – embora alguns defendam que ela foi criada antes disso. A entidade é uma das que têm melhor classificação e uma das mais antigas do mundo, com uma comunidade estudantil de cerca de 23.195 alunos. A universidade opera a maior imprensa universitária do mundo.

  • 3. Universidade de Salamanca, Espanha
    Fundada em 1134

    Outra entre as mais antigas universidades na Europa, a Universidade de Salamanca foi fundada em 1134. A mais antiga instituição da Espanha, depois da extinta University of Palencia, está localizada a oeste de Madri. Para acrescentar uma aura histórica, foi a instituição onde Cristóvão Colombo fez o processo para obter apoio real para sua expedição à Índia, no final do século 15. Hoje, ela atende mais de 30.000 estudantes em nove campi.

  • 4. Universidade de Paris, França
    Fundada entre 1160-1250

    Frequentemente conhecida por ‘La Soborne’, é famosa por ter sido uma das primeiras universidades fundadas na Europa. A instituição ficou fora de operação entre 1793 e 1896 em função da Revolução Francesa. Hoje, ela está espalhada pela cidade, tendo sido dividida em 13 entidades autônomas em 1970, e todas elas mantêm a alta reputação da universidade original. Dessas 13, as melhores classificadas são a Université Pierre et Marie Curie, a Université Paris-Sorbonne e a Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne.

  • 5. Universidade de Cambridge, Reino Unido
    Fundada em 1209

    Fundada por um grupo de estudiosos que deixaram a Universidade de Oxford devido a conflitos políticos, possui muitas tradições em comum com a referência original e ambas mantêm, até hoje, um senso saudável de rivalidade. Cambridge tem cerca de 19.660 estudantes, dos quais 4.100 vêm de fora da União Europeia.

  • 6. Universidade de Pádua, Itália
    Fundada em 1222

    É uma das universidade medievais ainda em atividade na Itália. A instituição é respeitada por suas pesquisas revolucionárias em astronomia, direito, medicina e filosofia. Hoje, abriga cerca de 61.000 estudantes na cidade de Pádua, o cenário da famosa peça “A Megera Domada”, de William Shakespeare. Em 1545, a universidade fundou o Jardim Botânico de Pádua, que é, atualmente, um dos jardins acadêmicos mais antigos do mundo. Também administra nove museus.

  • 7. Universidade de Nápoles Federico II, Itália
    Fundada em 1224

    Fundada por Federico II, imperador do Sacro Império Romano-Germânico, a Universidade de Nápoles ela está localizada na terceira maior cidade da Itália – e uma das mais antigas regiões habitadas do mundo. A instituição tem uma vasta gama de programas para uma comunidade estudantil de cerca de 100.000 pessoas. Entre seus mais históricos alunos está o filósofo e teólogo Tomás de Aquino.

  • 8. Universidade de Siena, Itália
    Fundada em 1240

    Localizada na pequena cidade de Siena, na região da Toscana, a Universidade de Siena é outra das mais antigas do mundo com uma forte posição global. Com um número de matriculados acima de 20.000, o campus comporta quase metade de toda a população da cidade. O centro, com grande importância histórica, é anualmente visitado por 160.000 turistas, que vão para a região pela gastronomia, a arte, os museus e a herança medieval.

  • 9. Universidade de Coimbra, Portugal
    Fundada em 1290

    Apesar de originalmente fundada na capital portuguesa, a Universidade de Coimbra foi realocada várias vezes devido às demandas reais e terminou, finalmente, instalando-se em Coimbra, o terceiro maior centro urbano do país. Com uma comunidade estudantil formada por mais de 24.000 alunos, a instituição atravessou muitas reformas radicais e, por décadas ao longo do século 18, foi a única em funcionamento em Portugal Em 2013, a Universidade de Coimbra foi adicionada à lista da Unesco de patrimônio mundial, graças às suas construções históricas, pátios, tradições e vistas deslumbrantes da cidade.

  • 10. Universidade de al-Azhar, Egito
    Fundada em 970

    Apesar de não ter conseguido o status de universidade até 1961, a Universidade de al-Azhar foi fundada em 970 no Cairo. Originalmente uma madraçal (escola de estudos muçulmanos) que ensinava os alunos dos níveis primário ao terciário, a entidade ficou conhecida primeiro como um centro de aprendizado islâmico, mas desde então desenvolveu um currículo moderno de matérias secundárias, garantindo sua sobrevivência. Durante este tempo, a escola viu muita instabilidade política, principalmente no século 12, quando uma nova dinastia tomou o poder e destruiu mais de 100.000 textos. Além de estudos tradicionais, a escola também oferece programas voltados a negócios, economia, ciência, medicina, engenharia e agricultura.

1. Universidade de Bolonha, Itália
Fundada em 1088

A Universidade de Bolonha nunca ficou fora de operação e carrega o título da universidade mais antiga do mundo. Até pouco tempo, oferecia apenas doutorados, mas hoje possui uma gama diversa de programas em todos os níveis. Localizada em Bolonha, na Itália, tem cerca de 84.200 estudantes, dos quais 30.000 são pós-graduados. Entre os alunos famosos estão três papas, vários empresários e muitos políticos italianos.

Comentários
Topo