Lifestyle

Conheça a pista de autorama para adultos

Divulgação

Andreas Stadlbauer comprou a marca Carrera há 18 anos, mas as pistas e os carros têm divertido crianças há bem mais tempo. (Divulgação)

“Brincar é uma das maneiras mais prazerosas de gastar o tempo sem ter de se perguntar qual é o sentido disso”, diz Andreas Stadlbauer, proprietário da marca de autorama Carrera. Ele se reúne com seus amigos em sua casa no lago todos os anos. Lá, de posse de seus carrinhos, eles distribuem metros de pista sobre o chão.

VEJA TAMBÉM: Porsche planeja entrada na Fórmula E

Nunca é uma tarefa fácil superar o anfitrião quando ele tem o controle do autorama em suas mãos, mas isso não impede que os quatro amigos tentem, ano a ano, a cada novo verão. Os rivais de Stadlbauer são Helmut Eggert, integrante do quadro executivo da Porsche Import (Porsche Áustria), o corretor de seguros Thomas Matzelberger e Robert e Walter Lechner, donos da Lechner Racing School, uma das mais bem-sucedidas incubadoras de talentos do automobilismo na Europa. Os homens se unem em parte por uma amizade que vem desde os tempos da juventude, mas principalmente pela paixão pelo automobilismo em todas as suas escalas, tanto na vida pessoal quanto profissional.

Participam da competição um Porsche 904 GTS, um Porsche 918 Spyder, um Lechner Racing Porsche GT3 RSR, e dois Porsche 917 K Martini Internationals

O desenho da pista Carrera de 25 metros de comprimento lembra um “U”. Ela consiste em faixas de mudança direta e curvas acentuadas de 30 graus, longas partes ininterruptas e pontos de comutação dupla, onde os carros podem ultrapassar uns aos outros com o toque de um botão. Na margem do lago onde a pista é montada, os dois gatos do anfitrião, Sunny e Billy, perambulam vigilantes, sempre com uma respeitosa distância dos carros.

Participam da competição um Porsche 904 GTS, um Porsche 918 Spyder, um Lechner Racing Porsche GT3 RSR, e dois Porsche 917 K Martini Internationals. “O 904 GTS tem a melhor partida nessa pista porque, por não ter spoiler, pesa um pouco menos do que os outros carros, então é o mais rápido nas curvas”, conta Stadlbauer.

Junto com o pai Dieter, Andreas Stadlbauer comprou a marca Carrera há 18 anos, mas as pistas e os carros têm divertido crianças há bem mais tempo, desde 1963. “Por meio de avanços técnicos contínuos, nós queremos oferecer a nossos consumidores corridas cada vez mais desafiadoras e modelos de carros espetaculares”, diz Stadlbauer sobre os objetivos da empresa.

Divulgação

A Carrera é a líder mundial no setor de autorama e é a marca mais importante do Stadlbauer Group. (Divulgação)

Carrera é a palavra espanhola para “corrida”, e é precisamente isso que Andreas Stadlbauer ama fazer, preferencialmente com seus dois filhos. Mas o empresário de 50 anos de idade é visto também frequentemente na pista da sede da empresa, em Puch, na Áustria, entretendo parceiros de negócios. “Existe um termo lindo para o homem que brinca: ‘homo ludens’. Nós nunca estamos velhos demais para brincar. Só precisamos escutar a criança dentro de nós”, diz ele. “Normalmente leva menos de dez minutos para que homens adultos tirem suas gravatas e se juntem à corrida.”

A criação de um kit Carrera, que consiste em dois carros de acabamento impecável, é um trabalho árduo. Pesando menos de 100 gramas, os carros, que seguem escala 1:32, podem acelerar até mais de 20 km/h. Funcionam como carros de verdade, explica Robert Lechner. “Quando o eixo traseiro perde estabilidade, ele termina com uma decolagem. Destreza é importante aqui também”, diz.

A Carrera é a líder mundial no setor de autorama e é a marca mais importante do Stadlbauer Group. Na Alemanha, o nome Carrera é sinônimo do conceito de corridas de autorama. A empresa vende um milhão de pistas por ano – produz três milhões de carros e sete milhões de metros de pista anualmente. Cerca de 60% das vendas anuais são geradas no temporada de Natal. Os carros são feitos nas escalas 1:43, 1:32 e 1:24. Além disso, a Carrera organiza competições e o campeonato anual Carrera Challenge na Alemanha e na Áustria.

Comentários
Topo