Lifestyle

Especialistas apontam as tendências em bebidas para os próximos meses

Encontrar tendências no mundo das bebidas destiladas pode ser algo desafiador, pois os consumidores são muito influenciados pela gastronomia, moda e cultura popular – um exemplo foi a obsessão pelo Pappy van Winkle quando os chefs o adotaram como sua escolha de bourbon.

LEIA TAMBÉM: 9 curiosidades sobre a cerveja

De acordo com a 48ª edição da degustação anual da competição International Wine & Spirit Competition, realizadas recentemente em Londres, os quatro próximos meses vivenciarão o avanço de quatro bebidas.

Veja, na galeria de fotos, quais são elas:

  • Uísques sem idade divulgada
    Quando a Macallan mudou o foco de todos os seus uísques de 18 anos ou menos da idade para cor, a alteração foi vista como controversa por alguns aficionados. De acordo com os resultados da IWSC, no entanto, os produtores de uísque estão “mudando o foco para a arte da mistura, mais do que para o prestígio que vem da idade”. O Dalmore Valour Single Highland Malt, de Richard Paterson, ganhou o troféu.

    A mudança pode estar relacionada também à ascensão da cultura dos coquetéis e da mixologia graças a uma demografia mais jovem – mudança a que marcas como a Courvoisier têm se dirigido ao longo dos anos, ao fazer experimentos com lançamentos de produtos criados especificamente para drinques.

  • Mercado de destilados da Ásia
    Apesar de áreas como a China estarem sendo cada vez mais apontadas como grandes consumidoras de vinhos e destilados, agora também estão sendo reconhecidas como produtoras. Cada vez mais empresas do Japão e da Índia invadem o segmento do uísque, criando suas próprias marcas, como Amrut e Nikka. A IWSC reconheceu produtos como o Feni, um destilado de caju ou folha de palmeira feito na cidade de Goa, e o Baijiu, uma espécie de vinho chinês que está entrando no Reino Unido e em outros mercados ocidentais. (Uma nova categoria de baijiu foi anunciada na competição deste ano, na qual o Yushan Taiwan Kaoliang Liquor recebeu a maior homenagem.)

  • A continuação da febre artesanal

    A demanda do público consumidor por bebidas produzidas artesanalmente – como visto nos casos da cerveja, do gin e da vodca – permanece imbatível, com algumas pessoas preferindo produtores menores devido a sua experimentação com sabores criativos. A IWSC vê essa tendência se espalhar para o mezcal, o que aumenta a concorrência no mercado da tequila e abre até mesmo alternativas para o uísque – o Corte Vetusto Mezcal Espadim foi eleito como o principal concorrente no setor.

    “Mezcal é um nicho. Corresponde a cerca de 2% das vendas de tequila, mas está saindo da escuridão. A bebida acabou de fazer aquela transição em que deixa de ser um segredo dos bartenders e passa a ser pedido pelos consumidores”, diz David Shepherd, cofundador e diretor da Black Sheep Spirits.

  • O crescimento do gin

    Ainda no rastro da cultura de coquetéis, mas sem deixar de crescer como um destilado para ser bebido sozinho, o gin permanece um forte concorrente. A IWSC aponta um crescimento de 571% na quantidade de registros da bebida desde 2013, com 400 de 25 diferentes países. “O gin continua a dominar a cena do aperitivo, ao passo em que produtores continuam a experimentar novas criações artesanais e ainda mais obscuras misturas botânicas”, disseram os jurados da IWSC ao homenagear o Bathtub Navy Strength Gin e o Brighton Gin.

Uísques sem idade divulgada
Quando a Macallan mudou o foco de todos os seus uísques de 18 anos ou menos da idade para cor, a alteração foi vista como controversa por alguns aficionados. De acordo com os resultados da IWSC, no entanto, os produtores de uísque estão “mudando o foco para a arte da mistura, mais do que para o prestígio que vem da idade”. O Dalmore Valour Single Highland Malt, de Richard Paterson, ganhou o troféu.

A mudança pode estar relacionada também à ascensão da cultura dos coquetéis e da mixologia graças a uma demografia mais jovem – mudança a que marcas como a Courvoisier têm se dirigido ao longo dos anos, ao fazer experimentos com lançamentos de produtos criados especificamente para drinques.

Comentários
Topo