Os restaurantes estrelados do Guia Michelin 2018 São Paulo e Rio de Janeiro

Foto: Divulgação
Prato ovo estrelado, do restaurante Oro, estreante na categoria duas estrelas Michelin

A noite de hoje (7) marcou o anúncio dos novos restaurantes estrelados do Guia Michelin 2018 das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Como lembrou Michael Ellis, diretor internacional da publicação, a primeira edição nacional foi lançada em 2015 e, desde então, notou-se “uma rápida e clara evolução do cenário gastronômico brasileiro”.

LEIA MAIS: São Francisco é a cidade com mais restaurantes três estrelas Michelin nos EUA

Este ano, a maior novidade ficou por conta dos novos restaurantes classificados na categoria duas estrelas: o paulistano Tuju, do chef Ivan Ralston, e o carioca Oro, do chef Felipe Bronze. Até então, o D.O.M, do chef Alex Atala, era o único estabelecimento classificado com duas estrelas no Brasil.

Já na classificação uma estrela Michelin, o time de “veteranos” (que manteve a estrela) é formado, em São Paulo, pelos seguintes estabelecimentos: Dalva e Dito, Esquina Mocotó, Restaurante Fasano, Huto Restaurante, Restaurante Jun Sakamoto, Kan Suke, Kinoshita, Kosushi, Maní, Picchi e Tetê a Tetê. Já no Rio de Janeiro, o Mee, Lasai e Olympe também mantiveram suas estrelas. Os estreantes na categoria foram o Tangará Jean Georges, comandado pelo chef Felipe Rodrigues, o Ryo Gastronomia, do chef Edson Yamashita, ambos em São Paulo.

A categoria Bib Gourmand, na qual os nomes são definidos pelo público, tem atualmente 33 restaurantes. A partir das 22h de hoje, no site www.michelin.com.br/guiamichelin, os nomes de todos os restaurantes 2018 estarão disponíveis.

ERRATA:
Por um erro da redação, o restaurante Huto foi creditado como Hitô. A informação já foi corrigida.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).