Listas

10 jogadores da NBA mais bem pagos em 2015

As equipes da NBA, liga norte-americana de basquete, triplicaram de valor durante os últimos anos graças a lucrativos acordos de TV. O mercado de ações também ajudou com grandes quantias para os times.  Os cinco principais nomes em Nova York, Los Angeles e Chicago valem cerca de US$ 1,5 bilhão juntas.

Mas há muitas outras fontes de rendas que fazem toda essa engrenagem rodar. Os jogadores são sem dúvida o produto mais rentável das equipes, e são eles que atraem os acordos publicitários milionários.

Para organizar o ranking, são considerados o salário anual, os contratos publicitários e o lucro total dos jogadores. Veja na galeria quais são os 10 mais bem pagos da NBA:

  • Faturamento: US$ 24,7 milhões. Salário anual: US$ 17,7 milhões. O jogador está no segundo ano dos cinco de seu contrato de US$ 95 milhões com o Los Angeles Clippers. Outros parceiros incluem Nike/Jordan, Kia Motors, Vizio, Red Bull e Panini.

  • Faturamento: US$ 25,9 milhões. Salário anual: US$ 21, 4 milhões. Howard faturou US$ 30 milhões a mais ao assinar um contrato com o Houston Rockets em 2013 em vez de renovar o acordo com o Los Angeles Lakers.

  • Faturamento: US$ 26,1 milhões. Salário anual: US$ 20,1 milhões. Paul é um dos principais atletas da lucrativa Jordan Brand da Nike, que gera quase US$ 2 bi em lucros para a marca. Outros parceiros do jogador incluem State Farm, Foot Locker e Panini.

  • Faturamento: US$ 26,4 milhões. Salário anual: US$ 23,4 milhões. Stoudemire está no ano final dos cinco de seu contrato de US$ 100 milhões com o New Yorks Nicks. O jogador irá continuar em sua carreira na NBA.

  • Faturamento: US$ 30,5 milhões. Salário anual: US$ 22,5 milhões. Anthony assinou um contrato de cinco anos e US$ 124 milhões com o New York Nicks. Além de ter chegado quase ao valor limite das negociações, o acordo tem uma cláusula que não permite que o clube troque o jogador, coisa bem rara na NBA. Antonhy estreou como empreendedor em 2014, ao abrir sua própria empresa de capital de risco, a M7 Tech Partners.

  • Faturamento: US$ 27 milhões. Salário anual: US$ 15 milhões. Wade optou por quebrar seu acordo com o Miami Heat no ano passado e aceito um corte de US$ 3,9 milhões em seu salário para ajudar com a situação financeira do time.

  • Faturamento: US$ 38,9 milhões. Salário anual: US$ 18,9 milhões. O contrato de 13 anos e US$ 185 milhões de Rose com a Adidas era o maior negócio já fechado na NBA até o acordo de Durant com a Nike. Outros parceiros de Rose incluem Powerade, Wilson, Skullcandy e Panini.

  • Faturamento: US$ 49,5 milhões. Salário anual: US$ 23,5 milhões. Bryant lucrou mais US$ 7 milhões além de seu salário fixo no Los Angeles Lakers graças a dois contratos de US$ 48,5 que assinou em 2013.

  • Faturamento: US$ 54 milhões. Salário anual: US$ 19 milhões. O atual MVP (jogador mais valioso) da NBA fechou um acordo de 10 anos com a Nike em 2014 que pode gerar cerca de US$ 300 milhões em lucros.

  • Faturamento: US$ 64,6 milhões. Salário anual: US$ 20,6 milhões. Em outubro, o cestinha da NBA adicionou a Kia Motors em seu portfólio de contratos publicitários, que já conta com nomes como Nike, McDonald’s, Coca-Cola, Samsung, Beats By Dre e Audemars Piguet.

Faturamento: US$ 24,7 milhões. Salário anual: US$ 17,7 milhões. O jogador está no segundo ano dos cinco de seu contrato de US$ 95 milhões com o Los Angeles Clippers. Outros parceiros incluem Nike/Jordan, Kia Motors, Vizio, Red Bull e Panini.

Topo