Listas

10 indústrias que mais lucraram nos EUA em 2015

Quais são os setores que estão em alta neste ano? Para descobrir quais as indústrias que mais lucram, FORBES analisou o desempenho de 19 setores importantes nos Estados Unidos. Com uma margem média de lucro de 21%, a área de tecnologia voltada à saúde está no topo da lista, de acordo com a empresa de pesquisa financeira Factset.

Os setores de finanças e serviços tecnológicos são os próximos do ranking, com 17,3% e 16,1% de margem de lucro respectivamente. No fim da lista estão minerais energéticos (2,1%), serviços de distribuição (1,8%) e minerais não-energéticos (1,2%).

DICAS: 10 dicas para fazer seu negócio crescer na crise

Tecnologia na área da saúde sempre foi um dos setores mais lucrativos, mas nos últimos anos seu crescimento tem sido estável. Dentro do setor, as companhias que mais lucram são as de medicamentos genéricos, como a Pfizer (27,6%), Merck & Co (25,2%) e Johnson & Johnson (24,5%).

Em 4º lugar aparece o setor de eletrônicos, com margem de lucro média de 13,2%. O setor cresceu desde 2011, quando o índice era de 11,5%. As principais representantes do ramo são a Apple (22,6%) e a fabricante de chips Qualcomm (30,5%).

RANKING: 10 empresas com as melhores iniciativas para deixar seus funcionários felizes

Veja na galeria de fotos as 10 indústrias que mais lucraram nos EUA em 2015:

  • 1º) Tecnologia voltada à saúde

    Margem média de lucro: 21%

  • 2º) Finanças

    Margem média de lucro: 17,3%

  • 3º) Serviços tecnológicos

    Margem média de lucro: 16,1%

  • 4º) Eletrônicos

    Margem média de lucro: 13,2%

  • 5º) Bens de consumo não-duráveis

    Margem média de lucro: 11,8%

  • 6º) Transporte

    Margem média de lucro: 9,8%

  • 7º) Serviços para o consumidor

    Margem média de lucro: 9,7%

  • 8º) Utilidades

    Margem média de lucro: 9,2%

  • 9º) Empresas de produtos manufaturados

    Margem média de lucro: 8,4%

  • 10º) Comunicação

    Margem média de lucro: 7,4%

1º) Tecnologia voltada à saúde

Margem média de lucro: 21%

Comentários
Topo