Listas

10 melhores escolas de negócios para entrar no mercado de trabalho

Uma boa graduação seguida de um MBA ainda melhor fazem toda a diferença no início da carreira de um administrador. Para que o curso de extensão universitária seja uma experiência que realmente agregue conhecimento e melhore o currículo, escolher a faculdade certa é fundamental. Embora o Brasil tenha excelentes opções, o sonho de muitos jovens é fazer esta pós-graduação no exterior, principalmente nos Estados Unidos.

SAIBA MAIS: 10 melhores universidades do mundo com menos de 50 anos

A escola de cursos preparatórios Princeton Review elaborou um ranking com as dez melhores escolas de negócios dos EUA. Como critério, foram usados dois dados disponibilizados por cada escola: salário médio inicial e porcentagem de alunos empregados três meses após a formatura.

Além disso, a escola considerou os resultados de um questionário que avalia os cursos em quatro áreas: esforço que a universidade faz para garantir o bem estar dos alunos, qualidade das empresas que recrutam no campus, nível de preparação que os alunos sentem que atingiram e oportunidades para projetos fora do campus, estágios e orientações.

VEJA TAMBÉM: 10 melhores universidades de 2015

Veja na galeria de fotos as dez melhores escolas para carreiras em ascensão nos EUA:

  • 1º) Stanford Graduate School of Business

    Porcentagem de alunos empregados três meses após a graduação: 90%

    Salário médio inicial (ano): US$ 126.000

  • 2º) Columbia Business School

    Porcentagem de alunos empregados três meses após a graduação: 90%

    Salário médio inicial (ano): US$ 116.000

  • 3º) Harvard Business School

    Porcentagem de alunos empregados três meses após a graduação: 93%

    Salário médio inicial (ano): US$ 121.000

  • 4º) Tuck School of Business at Dartmouth

    Porcentagem de alunos empregados três meses após a graduação: 91%

    Salário médio inicial (ano): US$ 115.000

  • 5º) MIT Sloan School of Management

    Porcentagem de alunos empregados três meses após a graduação: 95%

    Salário médio inicial (ano): US$ 118.000

  • 6º) University of Pennsylvania Wharton School

    Porcentagem de alunos empregados três meses após a graduação: 92%

    Salário médio inicial (ano): US$ 121.000

  • 7º) University of Chicago Booth School of Business

    Porcentagem de alunos empregados três meses após a graduação: 91%

    Salário médio inicial (ano): US$ 116.000

  • 8º) Haas School of Business, University of California, Berkeley

    Porcentagem de alunos empregados três meses após a graduação: 92%

    Salário médio inicial (ano): US$ 118.000

  • 9º) NYU Stern School of Business

    Porcentagem de alunos empregados três meses após a graduação: 93%

    Salário médio inicial (ano): US$ 107.000

  • 10º) Kellogg School of Management, Northwestern University

    Porcentagem de alunos empregados três meses após a graduação: 91%

    Salário médio inicial (ano): US$ 119.000

1º) Stanford Graduate School of Business

Porcentagem de alunos empregados três meses após a graduação: 90%

Salário médio inicial (ano): US$ 126.000

Comentários
Topo