Listas

15 melhores empregos para o equilíbrio pessoal/profissional

É comum pensar que as pessoas mais realizadas profissionalmente são empresários e donos de grandes negócios. No entanto, de acordo com a última análise de FORBES sobre os empregos que melhor garantem o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional dos trabalhadores nos Estados Unidos, isso pode variar muito.

FOTOS: 10 melhores profissões para jovens em 2015

Para a elaboração da lista foram avaliados dados do portal de empregos Glassdoor, que analisou as profissões com base na opinião de funcionários, seus salários anuais e no número de oportunidades de trabalho de cada setor no último ano.

LISTA: 10 empresas que mais empregam no mundo

Diferentes profissões aparecem na análise, de professor substituto à gerente de marketing, que ganham anualmente, em média, entre US$ 24.380 e US$ 70.052, respectivamente.

VEJA MAIS: 10 empregos mais promissores nos EUA

Veja na galeria de fotos 15 empregos que trazem o equilíbrio profissional perfeito para os norte-americanos:

  • Cientista da computação

    O profissional que trabalha com TI e ciências da computação nos Estados Unidos chega a ganhar, em média, US$ 114.808 por ano, com a análise de dados e desenvolvimento de estruturas e soluções tecnológicas.

  • Gerenciador de sites

    Nos Estados Unidos, um gerenciador de sites, também conhecido como “SEO Manager”, tem como principal objetivo melhorar o conteúdo de páginas da web de forma que os portais ganhem lugar de destaque entre as buscas orgânicas da internet.

    Existem, atualmente, 338 vagas não preenchidas para essa profissão no país, e a média do salário anual desse profissional é de US$ 45.720.

  • Especialista em gerenciamento de carreira

    O profissional que trabalha com o gerenciamento de carreira é responsável pelo recrutamento e análise de candidatos para as empresas. Nos EUA, eles chegam a ganhar uma média de US$ 63.500 por ano.

  • Gerente de mídia sociais

    Uma das mais atuais profissões do mundo da comunicação digital é a de gerente de mídias sociais, que administra e controla o que é publicado nas fanpages e perfis da marca para a qual trabalha, o que rende um salário médio anual de US$ 40.000 aos profissionais do setor nos EUA.

  • Professor substituto

    Diferente do que se percebe em muitos países do mundo, o cargo de professor substituto nos Estados Unidos é uma das profissões que garantem melhor equilíbrio de carreira aos profissionais do país, que chegam a receber uma média salarial de US$ 24.380 por ano.

  • Coordenador de recrutamento

    O coordenador de recrutamento é o profissional responsável por implantar e padronizar os processos de recrutamento e seleção de candidatos para as empresas e, nos Estados Unidos, este cargo costuma render cerca de US$ 44.700 aos funcionários anualmente. Atualmente, existem 446 vagas em aberto no país.

  • Designer de experiência do usuário

    Um designer de experiência do usuário, também conhecido como UX designer, é basicamente o profissional que trabalha para analisar e melhorar a experiência do usuário com os produtos consumidos por ele.

    Apesar de a profissão ainda não ser tão popular no Brasil, nos Estados Unidos estão sendo disponibilizadas 338 novas vagas para o cargo em diferentes empresas.

  • Gerente de marketing digital

    Aquele que gerencia estratégias e desenvolve a imagem de uma marca para o público das plataformas digitais, por meio do marketing e da publicidade, chega a ganhar uma média de US$ 70.052 por ano nos Estados Unidos.

  • Assistente de marketing

    Outro profissional da área da comunicação empresarial que é considerado bem-sucedido nos EUA é o assistente de marketing, responsável por criar campanhas e propagandas para promover o nome da marca no mercado. Atualmente, são 384 vagas disponíveis no país e a média de salário anual desses profissionais é de US$ 32.512.

  • Web designer

    Responsável por criar e desenvolver websites e interfaces para sistemas e programas da internet, o web designer chega a ganhar cerca de US$ 66.000 por ano nos Estados Unidos e, atualmente, existem 2.117 vagas em aberto para esses profissionais no país.

  • Analista de risco

    Um analista de risco tem como principal função a avaliação dos pontos críticos que geram riscos para o desenvolvimento de determinado projeto empresarial. Nos Estados Unidos, este profissional costuma trabalhar no mercado financeiro ou no setor de seguros, com um salário médio de US$ 69.000 por ano.

  • Engenheiro civil

    Os profissionais norte-americanos de engenharia civil entram para a lista, especialmente, por faturarem cerca de US$ 65.000 por ano em seus cargos.

  • Gerente de atendimento ao cliente

    Como o nome já diz, um gerente de atendimento ao cliente é o profissional responsável por suprir as necessidades de consumidores e dar suporte às operações da empresa. Nos EUA, um profissional que ocupa este cargo costuma ganhar um salário anual de US$ 71.120.

  • Designer instrucional

    Um designer instrucional é aquele que avalia e planeja o desenvolvimento de projetos didáticos e teóricos para o ensino presencial e à distância. O salário médio para esse cargo nos Estados Unidos chega a valer cerca de US$ 66.000 por ano.

  • Analista de marketing

    Aparentemente, as profissões que envolvem o marketing proporcionam um ótimo equilíbrio profissional aos norte-americanos. Um cargo de analista deste setor ganha, atualmente, uma média de US$ 60.000 por ano nos Estados Unidos.

Cientista da computação

O profissional que trabalha com TI e ciências da computação nos Estados Unidos chega a ganhar, em média, US$ 114.808 por ano, com a análise de dados e desenvolvimento de estruturas e soluções tecnológicas.

Comentários
Topo