Listas

10 equipes mais valiosas da Fórmula 1

A Fórmula 1 tem tudo o que uma liga esportiva poderia querer. Pode vangloriar-se de uma bela história, uma legião de fãs com alta renda ao redor do mundo, uma equipe disposta a desembolsar um total de US$ 2,5 bilhões nas operações e, ainda assim, assumir riscos de perda. Em poucas palavras, F1 caracteriza o automobilismo da forma mais emocionante do planeta.

SAIBA SOBRE: McLaren P1 deixará de ser produzida

No entanto, a liga está bem longe do seu auge. Os problemas começam na pista: na temporada de 2015, apenas três competidores ganharam uma corrida, seis chegaram ao pódio e Lewis Hamilton conquistou o campeonato, assim como fez com as outras três corridas passadas. Duas equipes têm se dividido entre os últimos seis campeonatos, mas nenhum resultado surpreendente acontece desde 2012.

Os investidores do campeonato já foram vistos ‘desperdiçando’ altíssimos valores ao longo dos últimos anos e inúmeros potenciais compradores têm cada vez mais demonstrado interesse nesta desvalorização. Um estudo mais aprofundado sobre o assunto demonstra que a Fórmula 1 está atolada em deficiências estruturais, como as desigualdades financeiras entre as equipes, um dos principais motivos que faz um programa avaliado em US$12 bilhões atualmente valer 70% disso.

VEJA TAMBÉM: BMW revela primeiras imagens do i8 Spyder

A liga hoje vale 10% a menos do que valia no ano passado, um sinal de que o esporte pode estar em extrema necessidade de novas regulamentações financeiras. Só uma delas, a poderosa Ferrari, não parece estar tão preocupada: tem o valor estimado em US$ 1,35 bilhão. Para determinar este valor foram utilizadas receitas de 2014, com documentos financeiros, fontes da indústria e transações recentes.

Veja na galeria de fotos as 10 equipes mais valiosas da Fórmula 1:

  • 1º) Ferrari
    Valor da equipe: US$ 1,35 bilhão
    Receita: US$ 450 milhões
    Orçamento: US$ 430 milhões

  • 2º) Mercedes
    Valor da equipe: US$ 675 milhões
    Receita: US$ 242 milhões
    Orçamento: US$400 milhões

  • 3º) McLaren
    Valor da equipe:US$ 650 milhões
    Receita: US$ 300 milhões
    Orçamento: US$ 355 milhões

  • 4º) Red Bull Racing
    Valor da equipe: US$ 625 milhões
    Receita: US$ 257 milhões
    Orçamento: US$ 450 milhões

  • 5º) Williams
    Valor da equipe: US$ 400 milhões
    Receita: US$ 126 milhões
    Orçamento: US$ 195 milhões

  • 6º) Lotus
    Valor da equipe: US$ 200 milhões
    Receita: US$ 160 milhões
    Orçamento: US$ 190 milhões

  • 7º) Force India
    Valor da equipe: US$ 180 milhões
    Receita: US$ 105 milhões
    Orçamento: US$ 140 milhões

  • 8º) Scuderia Toro Rosso
    Valor da equipe: US$ 165 milhões
    Receita: US$ 140 milhões
    Orçamento: US$ 180 milhões

  • 9º) Sauber
    Valor da equipe: US$ 135 milhões
    Receita: US$ 85 milhões
    Orçamento: US$ 110 milhões

  • 10º) Manor Marussia
    Valor da equipe: US$ 65 milhões
    Receita: US$ 45 milhões
    Orçamento: US$ 80 milhões

1º) Ferrari
Valor da equipe: US$ 1,35 bilhão
Receita: US$ 450 milhões
Orçamento: US$ 430 milhões

Comentários
Topo