Listas

10 melhores cidades do mundo para lançar uma startup

Esqueça o Vale do Silício. Esqueça, na verdade, os Estados Unidos: os melhores lugares do mundo para o mercado de startups estão longe das américas, com Beijing na primeira posição e Kuala Lumpur na segunda.

LEIA TAMBÉM: 20 startups bilionárias que pagam os melhores salários

O infográfico publicado recentemente pela Seedstars World, empresa suíça que cria competições em países emergentes para ajudar a gerar ideias e negócios, identificando as startups mais promissoras, mostra os dez melhores lugares do mundo para lançar uma startup.

VEJA MAIS: 25 empresas que crescem sem parar (e você talvez nem conheça)

Veja na galeria de fotos as dez melhores cidades para startups:

  • 1º) Pequim

    País: China

    Taxa de registro para empresas estrangeiras: US$ 1

    A capital da China é o centro das indústrias cinematográfica, financeira e tecnológica e do poder político do país. Com todos estes mercados convergindo em uma cidade, Pequim tem uma das maiores concentrações de startups do mundo.

  • 2º) Kuala Lumpur

    País: Malásia

    Taxa de registro para empresas estrangeiras: US$ 350

    Com o esforço do governo da Malásia com a Aliança Nacional para coletivamente empurrar o país na direção do modelo de nação de alta renda, a tecnologia terá um papel central no Programa de Transformação Econômica (ETP).

  • 3º) Cracóvia

    País: Polônia

    Taxa de registro para empresas estrangeiras: US$ 280.0

    Durante um encontro mensal de Startup Stage, Tyler Crowley, um experiente empreendedor de startups do Vale do Silício, esteve em Cracóvia para um discurso. Durante a sua fala, ele desafiou os presentes a criar sua própria hashtag para diferenciar a comunidade de startups de Cracóvia. A tag #omgkrk nasceu e a comunidade de startups de cidade ganhou vida própria.

  • 4º) Moscou

    País: Rússia

    Taxa de registro para empresas estrangeiras: US$ 350

    Em 2009, foi inaugurada em Moscou a Fundação Skolkovo, uma iniciativa do governo russo para estabelecer novos e inovadores negócios. A concentração de 404 hectares teve a intenção de estabelecer uma cultura de empreendedorismo que moveria a economia russa para longe da dependência de recursos naturais e abraçaria pesquisa e educação técnicas.

  • 5º) Bangalore

    País: Índia

    Taxa de registro para empresas estrangeiras: US$ 400

    Com 3.100 startups, a Índia é o terceiro maior país tecnológico e Bangalore é sua capital da tecnologia da informação. A cidade, frequentemente apelidada de Vale do Silício da Índia, é o coração tecnológico deste gigante país incrivelmente diverso e com população de 1,2 bilhão de pessoas. A cidade concentra 28% das startups existentes, seguida por Nova Delhi, com 24%.

  • 6º) Sydney

    País: Austrália

    Taxa de registro para empresas estrangeiras: US$ 457

    SydStart é uma das organizações startups pioneiras de Sydney, oferecendo suporte, pesquisas e comunidade para empreendedores locais. Recebendo uma conferência anual de startups em Sydney, a reunião recente da SydStarts reuniu 1.000 empreendedores, desenvolvedores e inovadores para colaborar e aprender.

  • 7º) Tunes

    País: Tunísia

    Taxa de registro para empresas estrangeiras: US$ 250

    A proximidade da Tunísia com a Europa é benéfica, pois torna possível desenvolver plataformas mútuas que oferecem oportunidades de emprego para tunisianos que buscam melhores salários, maiores do que as taxas locais. Outro benefício para os tunisianos é que o conceito de startups é um fenômeno novo. A Tunísia ainda está em sua primeira geração de startups e muitos projetos e possibilidades estão abertos.

  • 8º) Londres

    País: Inglaterra

    Taxa de registro para empresas estrangeiras: US$ 22

    A capital da Inglaterra é a sétima concentração de startups mais influente do mundo e fica perfeitamente localizada para a expansão ao redor da Europa e nos Estados Unidos e além. Como uma líder em todos os sentidos, a cidade tem o melhor em inovadores, pensadores criativos, líderes de negócios e investidores.

  • 9º) Cairo

    País: Egito

    Taxa de registro para empresas estrangeiras: US$ 200

    O mercado de startups em Cairo tem crescido sorrateiramente ao longo da última década. Houve pequenos exemplos de inovação econômica com o passar dos anos, mas nos últimos anos a cena startup explodiu. A revolução política de 2011 abriu as portas para a liberdade no Egito, dando aos empreendedores oportunidades que eles nunca pensaram serem possíveis.

  • 10º) Sófia

    País: Bulgária

    Taxa de registro para empresas estrangeiras: US$ 200

    Por trás do brilho intenso de Berlim, a cena de startups búlgara promete se tornar uma concentração de investimento semente e startups no sudeste da Europa.

1º) Pequim

País: China

Taxa de registro para empresas estrangeiras: US$ 1

A capital da China é o centro das indústrias cinematográfica, financeira e tecnológica e do poder político do país. Com todos estes mercados convergindo em uma cidade, Pequim tem uma das maiores concentrações de startups do mundo.

Comentários
Topo