Listas

Brasil é o sexto país com maior número de jovens que não completaram o ensino médio

O percentual de pessoas que concluíram a educação secundária, que, no Brasil, corresponde aos ensinos fundamental e médio, varia significativamente entre os países e a falta de preenchimento de uma educação de nível universitário pode gerar vários desafios na hora de encontrar um emprego.

VEJA TAMBÉM: Quantas horas as pessoas trabalham em cada país

De acordo com um relatório recente da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), 17% dos adultos mais jovens (com idade entre 25-34 anos) não tinham atingido um nível de ensino secundário em 2013 contra 34% dos adultos mais velhos (55-64 anos). Os números correspondem aos países da entidade que reúne países que aceitam os princípios da democracia representativa e da economia de livre mercado.

O estudo faz parte da publicação anual Education at a Glance, realizada pelo Programa de Indicadores dos Sistemas Educacionais (INES) com o objetivo de apresentar a coleta de dados sobre educação internacional em temas como o impacto da aprendizagem, o investimento financeiro, o contexto de aprendizagem, a organização das escolas etc.

RANKING: Os melhores países para ser jovem em 2015

A quantidade de pessoas que concluem o ensino superior é um importante dado sobre um país porque mostra a necessidade ou efetividade de programas governamentais destinados a melhorar o alcance da educação. Nos últimos anos, a quantidade de estudantes com ensino superior de quase todos os países da OCDE vêm aumentando, especialmente nas gerações mais jovens.

A tabela reúne dados de jovens de 25 a 34 anos da OCDE em 2014 e mostra uma média geral dos países. Os dados mostram que no Brasil, Colômbia, Portugal, Arábia Saudita e Espanha, entre 30% e 40% dos jovens não se formam. Já na China, Costa Rica, Indonésia, México e Turquia esse número é de cerca de 50%.

Veja os 20 países maior número de jovens que largaram o ensino médio:

  • 1°) China

  • 2°) Indonésia

  • 3°) México

  • 4°) Turquia

  • 5°) Costa Rica

  • 6°) Brasil

  • 7°) Portugal

  • 8°) Arábia Saudita

  • 9°) Espanha

  • 10°) Colômbia

  • 11°) Islândia

  • 12°) Itália

  • 13°) África do Sul

  • 14°) Chile

  • 15°) Nova Zelândia

  • 16°) Noruega

  • 17°) Grécia

  • 18°) Suécia

  • 19°) Dinamarca

  • 20°) Bélgica

  • Tabela
    Divulgada pelo estudo Education at a Glance

1°) China

Comentários
Topo