Listas

10 maiores estrelas do patrocínio da NBA

As maiores estrelas da NBA, principal liga de basquete profissional da América do Norte, estiveram em Toronto, no Canadá, no último final de semana para o All-Star weekend, evento de três dias recheado de festas, abundância de celebridades, lançamento de tênis de basquete e um pouco de jogos do esporte no meio, com o famoso Jogo das Estrelas, em que os principais atletas da liga são selecionados para jogar.

O All-Star é também uma chance para os patrocinadores destacarem sua parceria com a NBA e seus melhores jogadores. “A NBA é muito boa em produzir ícones avalizados que transcendem o que ocorre na quadra”, diz Peter Laax, executivo da empresa de pesquisa Repucom. Os dez maiores arrecadadores fora das quadras da NBA irão ganhar pelo menos US$ 8 milhões nesta temporada cada um, e estimados US$ 189 milhões coletivamente.

LEIA TAMBÉM: Los Angeles terá a arena esportiva mais cara do mundo

A NBA está com tudo agora, com uma série de superestrelas cativando as audiências noite após noite. O maior destaque é Stephen Curry, atual detentor do prêmio de Jogador Mais Valioso (MVP), que colocou o Golden State Warriors em um caminho recorde de 48 vitórias nos primeiros 52 jogos do time.

A Repucom rastreia a percepção dos consumidores de mais de 3.800 celebridades nos Estados Unidos a partir de sete atributos como parte de sua métrica Celebrity DBI. A nota para patrocínios de Curry, que medem se o público o vê como um porta-voz eficiente e se iria comprar um produto que ele endossou, é maior do que a de qualquer outro atleta. Curry ocupa o 9o lugar entre todas as celebridades patrocinadas, na frente de amados ícones americanos como Oprah Winfrey e Taylor Swift, assim como quase 4.000 outras celebridades.

RANKING: 10 bilionários mais bem-sucedidos da NBA

As estrelas da NBA são celebridades globais graças às robustas projeções do esporte internacionalmente, abastecidas em parte por campanhas publicitárias das grandes empresas de tênis Nike e Adidas. Kobe Bryant, por exemplo, tem nível de reconhecimento na China de 76%. O atleta que já participou de 18 Jogos das Estrelas é uma celebridade na China, graças a cinco títulos da NBA e uma década de visitas com a Nike. Bryant é mais conhecido na China, em termos de porcentagem, do que qualquer outro jogador nos Estados Unidos, exceto Bryant e LeBron James. Bryant assinou um abrangente pacto no ano passado com o gigante e-commerce chinês Alibaba. O acordo inclui produtos do jogador e uma nova plataforma de mídias sociais.

James permanece o rei do patrocínio da NBA, com ganhos estimados de US$ 48 milhões nesta temporada fora das quadras. Empresas patrocinadoras amam o alcance de mídias sociais de James, que é um combinado de 66 milhões de pessoas entre Facebook, Twitter e Instagram.

Veja na galeria de fotos o ranking de atletas da NBA que mais ganham em patrocínio fora das quadras:

  • 1º) LeBron James

    Ganhos fora das quadras US$ 48 milhões

    Principais parceiros: Nike, Samsung Eletronics, Coca-Cola, Tencent, Kia Motors e Beats By Dre

    A Nike renovou com LeBron James no ano passado com o primeiro contrato vitalício nos 44 anos de história da empresa. A empresa vendeu US$ 340 milhões em tênis assinados por LeBron em 2014. O jogador tem a mais alta nota do Celebrity DBI entre todos os atletas ativos no mercado norte-americano. O único atleta ativo com um nível de reconhecimento maior do que os 90% de LeBron James, nos Estados Unidos, é o jogador de golfe Tiger Woods, com 97%, de acordo com a Repucom.

  • 2º) Kevin Durant

    Ganhos fora das quadras: US$ 36 milhões

    Principais parceiros: Nike, Beats By Dre, American Family Insurance, BBVA, Sonic e Panini

    Kevin Durant lançou sua própria linha de roupas íntimas no ano passado em uma parceria com a Neff e a Foot Locker. Seu contrato com a Nike, assinado em 2014, pode valer US$ 300 milhões ao longo de dez anos. Ele é o primeiro atleta que a rede de fast food Sonic usou em uma campanha publicitária. O nível de reconhecimento de Durant de 61%, nos Estados Unidos, ocupa o terceiro lugar entre jogadores da NBA. Ele é o quarto por “influência”.

  • 3º) Kobe Bryant

    Ganhos fora das quadras US$ 25 milhões

    Principais parceiros: Nike, Hublot, Alibaba e Panini

    Kobe Bryant diminuiu progressivamente a maioria de suas parcerias de patrocínio em favor de ofertas de ações, pois sua carreira está em seus últimos meses. Ele ainda ganha muito dinheiro da Nike, que tem sido sua parceira de tênis desde 2003. Bryant lançou a Kobe Inc. em 2013 como seu negócio pós-NBA. Os primeiros dois grandes investimentos foram nas bebidas de esporte BodyArmor e no primeiro fórum de atletas de Derek Jeter The Player’s Tribune.

  • 4º) James Harden

    Ganhos fora das quadras: US$ 17 milhões

    Principais parceiros Adidas, BBVA, Beats By Dre, Foot Locker, NBA 2K e KT Tape

    O vice do prêmio de Jogador Mais Valioso assinou um contrato de tênis de 13 anos e US$ 200 milhões com a Adidas no semestre passado que incluía um bônus na assinatura. O primeiro tênis de James Harden está programado para o final deste ano. O mais novo parceiro de patrocínio de Harden é o doce Trolli, da empresa Ferrara, que planeja balas de gelatinas inspiradas na barba de Harden. Namorar Khloe Kardashian aumentou o perfil de celebridade e o reconhecimento do jogador.

  • 5º) Derrick Rose

    Ganhos fora das quadras US$ 14 milhões

    Principais parceiros Adidas, Powerade e Giordano’s

    Antes de Harden, a Adidas fez uma grande aposta em Derrick Rose para ajudar a impulsionar a anêmica porção do mercado de basquete que a marca detinha. A gigante esportiva alemã entregou um contrato de 13 anos e US$ 185 milhões a Rose em 2012, após ele ter sido eleito o Jogador Mais Valioso na temporada de 2010-11 e se tornado o jogador mais novo a ganhar o prêmio. A estratégia da Adidas não funcionou muito bem, pois Rose perdeu dois terços dos jogos do Chicago Bulls por causa de lesões nas últimas três temporadas. A venda de tênis assinados por Rose caíram 20% em 2014 para US$ 32 milhões, de acordo com o portal SportsOneSource.

  • 6º) Dwyane Wade

    Ganhos fora das quadras: US$ 12 milhões

    Principais parceiros: Li Ning, Gatorade, Hublot, Mission, Pepperidge Farm e Fan Duel

    Dwyane Wade e Curry (Under Armour) são os únicos jogadores entre os top 10 da NBA a ter contratos de tênis fora Adidas e Nike/Jordan. Wade deixou a marca Jordan pela Li Ning em 2012. O contrato de dez anos vale mais de US$ 50 milhões e dá a Wade uma participação na empresa. Ele entrou no quadro de conselheiros da Naked Brand Group no ano passado e atua como diretor criativo de sua própria linha de roupas íntimas da Naked. Wade é o quinto homem mais popular da NBA, de acordo com as métricas da Repucom. Ele tem 22 milhões de seguidores nas redes sociais.

  • 6º) Stephen Curry

    Ganhos fora das quadras: US$ 12 milhões

    Principais parceiros: Under Armour, Degree, Kaiser Permanente, JBL, Brita e Fanatics

    Curry assinou uma extensão com a Under Armour no ano passado até 2024. O contrato inclui uma participação na empresa e royalties em sua popular linha de tênis. A Under Armour quer construir um negócio de basquete de um bilhão nas costas de Curry. Seu último pacto é um acordo de três anos com a Brita, e espera-se que mais acordos sejam anunciados nos próximos meses enquanto ele persegue o segundo prêmio de Jogador Mais Valioso seguido.

    Curry ocupa o primeiro lugar em sete atributos rastreados pelo Celebrity DBI: apelo, aspiração, avanço, patrocínio, influência, lançamento de tendências e confiança. A única coisa que segura Curry é reconhecimento, que é 47% nos Estados Unidos (era apenas 30% há nove meses). “As marcas irão trazer muito valor a Stephen Curry em termos de reconhecimento”, diz Laatz.

  • 8º) Chris Paul

    Ganhos fora das quadras: US$ 8,5 milhões

    Principais parceiros: Jordan/Nike, State Farm, Panini e FanDuel

    A marca Jordan da Nike lançou seu nono tênis assinado por Chris Paul na última temporada. Paul foi eleito presidente da Associação de Jogadores da NBA em 2013. Ele tem uma dúzia de parceiros de patrocínio e seus comerciais da State Farm aparecem regularmente nas transmissões da NBA. O reconhecimento de Paul é de 40%, o que é baixo para as maiores estrelas da NBA, mas seu apelo é enorme.

  • 9º) Carmelo Anthony

    Ganhos fora das quadras: US$ 8 milhões

    Principais parceiros: Jordan/Nike, SMS Audio, Panini, Draft Kings e Las Vegas Sand

    Carmelo Anthony tem sido há muito tempo garoto-propaganda da marca Jordan. A Nike vendeu US$ 30 milhões em tênis assinados por ele em 2014. Anthony foi eleito, no último final de semana, para o comitê executivo da Associação de Jogadores da NBA, unindo-se a estrelas como Paul e James. Ele não ocupa uma posição entre os 20 melhores da NBA em nenhum dos atributos do Celebrity DBA exceto por reconhecimento, em que ocupa o sexto lugar.

  • 9º) Blake Griffin

    Ganhos fora das quadras: US$ 8 milhões

    Principais parceiros: Jordan/Nike, Kia Motors, Red Bull, Tencent e Panini

    Blake Griffin não participou do Jogo das Estrelas porque quebrou sua mão no mês passado ao socar um trabalhador do staff dos Los Angeles Clippers. O incidente aumentou seu nível de reconhecimento para 48%, apesar de a confiança do público ter caído um pouco na pesquisa da Repucom. Ele tem apelo maior do que LeBron James e Kobe Bryant.

1º) LeBron James

Ganhos fora das quadras US$ 48 milhões

Principais parceiros: Nike, Samsung Eletronics, Coca-Cola, Tencent, Kia Motors e Beats By Dre

A Nike renovou com LeBron James no ano passado com o primeiro contrato vitalício nos 44 anos de história da empresa. A empresa vendeu US$ 340 milhões em tênis assinados por LeBron em 2014. O jogador tem a mais alta nota do Celebrity DBI entre todos os atletas ativos no mercado norte-americano. O único atleta ativo com um nível de reconhecimento maior do que os 90% de LeBron James, nos Estados Unidos, é o jogador de golfe Tiger Woods, com 97%, de acordo com a Repucom.

Comentários
Topo