Listas

16 nomes de bilionários populares no Brasil

Quantos brasileiros têm o nome do maior bilionário do mundo? De acordo com o IBGE, 331 pessoas no Brasil se chamam Bill, como o Gates, fundador da Microsoft. Já os Jorges, em referência ao homem mais rico do país, são muito mais numerosos.

RANKING: 31 maiores bilionários brasileiros

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou na última quarta-feira (27) um levantamento inédito com os nomes registrados no Brasil com base no Censo 2010. É possível ver o número de pessoas com cada nome, em que época elas nasceram e em que estado há mais incidência.

RANKING GERAL: 70 maiores bilionários do mundo em 2016

FORBES Brasil foi atrás dos nomes de algumas das pessoas mais ricas do país e do planeta. Liliane, como a Bettencourt, herdeira da L’Oréal, por exemplo, há 88.309 no país. Veja na galeria de fotos 16 nomes de bilionários populares no Brasil:

  • Bill

    Total de brasileiros: 331

    O nome do homem mais rico no planeta não é tão popular no Brasil. O pico por aqui aconteceu na década de 1990, quando Gates assumiu o posto e outro Bill, o Clinton, ocupou a cadeira de presidente dos Estados Unidos. Apesar do primeiro lugar, o nome também não é tão popular entre os bilionários: há apenas seis Bills ou Billys na lista deste ano.

  • Jorge

    Total de brasileiros: 465.949

    O nome do homem mais rico do país está ficando cada vez mais raro: com auge nos anos 1960, tem caído progressivamente desde então. Entre os bilionários há outros dois Jorges além de Lemann, um deles é o Moll Filho, também brasileiro.

  • Carlos

    Total de brasileiros: 1.489.191

    O mexicano Carlos Slim Helu, fundador da América Movil, dona da NET e da Claro, tem um nome o tanto quanto comum no Brasil, que não sai de moda desde os anos 1960. Entre os bilionários, há nove Carlos, todos latino-americanos, dos quais dois são brasileiros: o Sicupira, cofundador da 3G Capital, e o Sanchez, fundador da EMS.

  • Warren

    Total de brasileiros: 55

    O nome de um dos maiores investidores do planeta não pegou por aqui: apenas 55 brasileiros chaman-se Warren. Além de Buffett, entre os bilionários, só há mais dois – e um deles é sobrenome.

  • Liliane

    Total de brasileiros: 88.309

    Bettencourt, francesa herdeira da L’Oréal, é a mulher mais rica do planeta e única detentora deste nome na lista de FORBES. Já no Brasil, Liliane não é tão incomum, com ápice nos anos 1980.

  • Mark

    Total de brasileiros: 1.409

    Há nove bilionários chamados Mark. O mais rico e conhecido deles é o Zuckerberg, cofundador do Facebook e um dos homens mais influentes do planeta. No Brasil, o pico aconteceu nos anos 1980, e a maior taxa por 100.000 pessoas é em Amazonas.

  • Larry

    Total de brasileiros: 620

    Só entre os 15 maiores bilionários do mundo há dois Larry: o Ellison, fundador da Oracle, e o Page (foto), cofundador do Google. O Brasil não segue esse moda, com pouco mais de 600 cidadãos, mas tem crescido progressivamente desde a década de 1980.

  • Michael

    Total de brasileiros: 66.277

    O número consideravelmente expressivo de Michaels no Brasil teve seu ápice nos anos 80 e 90, quando astro pop Michael Jackson dominava as paradas globais. Também é dos nomes mais presentes na lista de FORBES: 23 representantes, entre eles o Bloomberg (foto), o Dell e o Jordan, provável responsável por algumas referências.

  • Abilio

    Total de brasileiros: 13.744

    O auge de registros de Abilios no Brasil ocorreu entre os anos 1930 e 1940, quando Diniz nasceu. Entre os bilionários, o brasileiro é o único com este nome.

  • Donald

    Total de brasileiros: 378

    O nome do bilionário mais polêmico de 2016 e provável candidato republicano à presidência dos Estados Unidos nunca fez sucesso por aqui. Por curiosidade, teve seu ápice (com 76 registros) na década de 1980, quando Trump ganhou o estrelato. Mas, no Brasil, é provável que o pato da Disney seja mais conhecido.

  • Marcel

    Total de brasileiros: 20.703

    Não há muitas pessoas com o mesmo nome de um dos cofundadores da 3G Capital e quase a metade deles (9.560) foi registrada nos anos 1980. Além de Herrmann Telles, só há outro Marcel na lista de FORBES, um suíço.

  • Jeff ou Jeffrey

    Total de brasileiros: 612

    Bezos, fundador da Amazon, adotou o apelido Jeff, diminutivo de Jeffrey. No Brasil, nenhum dos dois são populares: 296 e 316, respectivamente. Já entre os mais ricos do mundo, há nove Jeffs e Jeffreys.

  • Amancio

    Total de brasileiros: 2.978

    Por ser latino, o nome do fundador da Zara, Amancio Ortega, não é tão estranho no Brasil, embora esteja ficando cada vez mais raro: nas décadas de 1940 e 1950, o número passava de 500 nascidos, enquanto em 2000 foram só 47. Entre os bilionários, o espanhol é o único.

  • Alice

    Total de brasileiros: 192.260

    Alice ganhou verdadeira popularidade na década de 2000, com mais de 61.000 registros. Na lista de FORBES, apenas a Walton, herdeira do Walmart, tem esse nome.

  • Joseph

    Total de brasileiros: 2.955

    O nome de Safra, o maior banqueiro do mundo, nunca foi muito popular no Brasil, com leve aumento nos anos 1990, embora já tenha voltado a cair. Entre os bilionários, há quatro Josephs, cada um de um país.

  • Kjeld

    Total de brasileiros: 0

    O nome do fundador da Lego, Kjeld Kirk Kristiansen, nunca foi registrado no Brasil. Talvez tenha algo a ver com a dificuldade em pronunciá-lo.

Bill

Total de brasileiros: 331

O nome do homem mais rico no planeta não é tão popular no Brasil. O pico por aqui aconteceu na década de 1990, quando Gates assumiu o posto e outro Bill, o Clinton, ocupou a cadeira de presidente dos Estados Unidos. Apesar do primeiro lugar, o nome também não é tão popular entre os bilionários: há apenas seis Bills ou Billys na lista deste ano.

Comentários
Topo