Listas

Brasil é o segundo país com mais jatos comerciais do mundo

Comprar um iate ou uma mansão pode ser um símbolo de status, mas nada é tão impressionante quanto ser dono de um jato particular. Comprar um desses já é um gasto muito grande em si (o Gulfstream 450, por exemplo, custa US$ 41 milhões), mas mantê-lo funcionando pode promover uma dívida duradoura.

Ainda assim, apesar dos grandes custos envolvidos, várias companhias começaram a operar frotas de aviões particulares, à medida que foi comprovado que eles aumentam o lucro. Um estudo de 2010 revelou que empresas de pequeno e médio porte que usavam jatos com certa frequência tinham resultados melhores que aquelas cujos empregados voavam em aviões comerciais.

LEIA MAIS: 10 aeroportos mais movimentados do mundo

O uso desse meio de transporte nos Estados Unidos é tão comum que o país possui 63% dos aviões registrados no mundo (12.051, em 2016). O Brasil está em segundo lugar no ranking. Com 764 aeronaves, está à frente do México (3°, com 704), do Canadá (4°, com 483) e da Alemanha (5°, com 387).

Veja na galeria de fotos os 15 países com mais jatos comerciais do mundo:

  • País: Índia
    Número de jatos particulares: 140

  • País: Argentina
    Número de jatos particulares: 142

  • País: Austrália
    Número de jatos particulares: 154

  • País: África do Sul
    Número de jatos particulares: 160

  • País: Venezuela
    Número de jatos particulares: 168

  • País: China
    Número de jatos particulares: 203

  • País: Reino Unido
    Número de jatos particulares: 241

  • País: Áustria
    Número de jatos particulares: 244

  • País: Ilha de Man
    Número de jatos particulares: 264

  • País: Alemanha
    Número de jatos particulares: 387

  • País: Canadá
    Número de jatos particulares: 483

  • País: México
    Número de jatos particulares: 704

  • País: Brasil
    Número de jatos particulares: 764

  • País: Estados Unidos
    Número de jatos particulares: 12.051

Comentários
Topo