Listas

Ranking revela os principais usuários de ad blockers ao redor do mundo

De acordo com uma pesquisa publicada pelo The Wall Street Journal, o Google está planejando colocar um ad blocker em seu popular navegador Chrome. A iniciativa parece bastante contraditória, uma vez que a gigante de tecnologia é, atualmente, o maior anunciante online do mundo e os ad blockers são feitos justamente para combater os anúncios.

VEJA MAIS: 4 maneiras de usar a publicidade nativa em 2017

A adoção do ad blocker pelo mundo ainda é relativamente baixa. Então, em tese, não existem motivos para que o Google o integre ao seu navegador.

Seria uma tentativa de combater fogo com fogo. De acordo com uma pesquisa, o recurso de ad blocker só seria usado para filtrar certos tipos de anúncios online, principalmente aqueles que já foram considerados uma experiência ruim. Ao fazer isso, o Google poderia deixar seus usuários felizes o suficiente para instalar a ferramenta e, desta forma, defender seu próprio negócio.

LEIA TAMBÉM: Jovens brasileiros lembram mais da publicidade no Facebook do que na TV aberta

Veja os 10 países com as maiores porcentagens de usuários de ad blockers em dezembro de 2016, de acordo com uma pesquisa da PageFair, empresa que estuda a ação deste tipo de ferramenta:

  • 1. Alemanha (29%)

  • 2. Índia (28%)

  • 3. Canadá (25%)

  • 4. Estados Unidos (18%)

  • 5. Reino Unido (16%)

  • 6. China (13%)

  • 7. França (11%)

  • 8. México (9%)

  • 9. Brasil (6%)

  • 10. Japão (3%)

1. Alemanha (29%)

Comentários
Topo