Fotos

As celebridades mais ricas dos EUA em 2017

Beyoncé, Oprah e Madonna. Todas elas então entre os nove integrantes da indústria do entretenimento mais ricas segundo o terceiro ranking de FORBES das empreendedoras mais ricas dos Estados Unidos, publicado anualmente. A lista deste ano inclui duas apresentadoras de TV (uma atual e outra ex), duas autoras e inúmeras cantoras. Juntas, elas representam 15% das 60 pessoas da lista, e contam com uma fortuna de US$ 6 bilhões.

LEIA MAIS: 7 imóveis de celebridades à venda após divórcio

Para estimar as fortunas, FORBES avaliou bens individuais, incluindo o valor das ações das celebridades em empresa públicas e privadas. Para essas mulheres sem conexões comerciais, os especialistas baseiam as estimativas em ganhos no decorrer da vida. O setor imobiliário e de arte, entre outros, também foram inseridos na contabilização dos patrimônios. Para figurar na lista, era necessário que as mulheres tivessem responsabilidade por grande parte de suas fortunas e fossem cidadãs norte-americanas ou residentes permanentes no país. A equipe de FORBES tentou checar as informações com todas as integrantes da lista.

Veja, na galeria de fotos, as 9 celebridades mais ricas dos EUA em 2017:

  • 9. Taylor Swift (US$ 280 milhões)

    A pessoa mais jovem da lista tem apenas 27 anos. O patrimônio da cantora pop foi construído com os ganhos vindos da música, acordos e propagandas, apesar de 2016 ter sido um ano calmo para a ex-artista county. O sucesso da turnê do álbum “1989” – que bateu os recordes norte-americanos ao arrecadar um quarto de bilhão de dólares em 2015 – estabeleceu a artista no topo da lista na indústria mundial do entretenimento.

  • 8. Judy Sheindlin (US$ 300 milhões)

    Depois de 21 temporadas, Judge Judy se mantém como uma das maiores autoridades do entretenimento na TV. Seu programa matinal está no ar desde 1996 e ainda é assistido por 10 milhões de telespectadores em média. Ela passou quase 25 anos no Tribunal de Família de Nova York antes de entrar para o mundo da televisão, aos 52 anos. Em 2014, criou um outro programa, o Hot Bench, e, mais recentemente, negociou os direitos da sua enorme biblioteca de episódios, que ela pretende vender por mais de US$ 200 milhões.

  • 7. Danielle Steel (US$ 330 milhões)

    Com cinco casamentos de alto nível e nove filhos, Danielle vive de modo tão fantástico quanto seus romances. Graças as suas habilidades criativas como escritora, publicou mais de 130 livros e vendeu, aproximadamente, 800 milhões de cópias. Apesar de ser uma das autoras mais bem pagas da atualidade, ela continua usando uma máquina de escrever Olympia de 1946. Suas duas fundações benemerentes arrecadam dinheiro para prevenir crimes de abusos e doenças mentais em crianças.

  • 6. Beyoncé (US$ 350 milhões)

    Lemonade, álbum do ano passado, foi o sexto a chegar ao 1o lugar nas paradas e gerou a Formation World Tour, turnê que terminou no final de 2016 e arrecadou US$ 250 milhões. Além disso, alguns meses depois, o valor da sua participação na plataforma de streaming Tidal aumentou significativamente quando a Sprint investiu US$ 200 milhões para ter 33% das açõe da empresa. Agora, a artista está dando um tempo dos palcos: ela e seu marido, Jay-Z, estão esperando gêmeos. Junto, o casal possui um patrimônio de US$ 1 bilhão.

  • 5. Nora Roberts (US$ 365 milhões)

    Uma das autoras mais bem pagas dos Estados Unidos, Nora Roberts produziu, em média, cinco obras por ano desde 1981. Nascida Eleanor Marie Robertson, voltou-se para a escrita durante uma tempestade de neve e, desde então, já são mais de 220 romances e romances policiais assinados como Nora Roberts e com o pseudônimo J.D. Robb. Atualmente, ela tem uma livraria, a boutique B&B, uma loja de presentes, um centro fitness e um restaurante na pequena cidade de Boonsboro, em Maryland, que considera seu lar.

  • 4. Barbra Streisand (US$ 390 milhões)

    Os 14 shows realizados em 2016 lhe renderam US$ 46 milhões pouco antes do seu aniversário de 75 anos. Além disso, a cantora expandiu seu patrimônio com investimentos imobiliários: muitos acreditam que seus imóveis de Malibu, que supostamente foram adquiridos por menos de US$ 20 milhões, possam valer cerca de US $100 milhões atualmente.

  • 3. Céline Dion (US$ 400 milhões)

    Em fevereiro, a cantora retomou sua residência em Las Vegas depois de um hiato que durou meses, em função da morte do marido. Céline Dion voltou ao ritmo de 70 apresentações por ano no Caesar’s Palace, onde ela fez US$ 27 milhões em 2016. Nativa do Canadá, ganhou a maior parte do seu dinheiro em L.A.

  • 2. Madonna (US$ 580 milhões)

    Sua turnê Rebel Heart, que acabou em março de 2016, arrecadou US$ 170 milhões. Além da música, a cantora de 58 anos construiu parte da sua fortuna graças a acordos com marcas de roupas e perfumes. Como uma pessoa que gasta bem seu dinheiro, Madonna explorou o mercado imobiliário de Nova York, investiu em arte (teria adquirido obras de Pablo Picasso e Man Tay) e comprou ações no Tidal, o serviço de streaming de Jay-Z.

  • 1. Oprah Winfrey (US$ 3,1 bilhões)

    A magnata do entretenimento está ressurgindo em sua carreira nas telas; em abril, apareceu no filme da HBO “The Immortal Life of Henrietta Lacks”. A âncora da notícia de Nashville retornará as suas raízes de repórter ao fazer uma contribuição especial no programa 60 Minutos no próximo semestre. Seu canal OWN teve a melhor audiência de todos os tempos, mas a maior parte da riqueza de Oprah ainda se deve aos seus anos de talk show.

9. Taylor Swift (US$ 280 milhões)

A pessoa mais jovem da lista tem apenas 27 anos. O patrimônio da cantora pop foi construído com os ganhos vindos da música, acordos e propagandas, apesar de 2016 ter sido um ano calmo para a ex-artista county. O sucesso da turnê do álbum “1989” – que bateu os recordes norte-americanos ao arrecadar um quarto de bilhão de dólares em 2015 – estabeleceu a artista no topo da lista na indústria mundial do entretenimento.

Comentários
Topo