Listas

5 melhores CEOs de empresas de tecnologia segundo as mulheres

A indústria da tecnologia possui a reputação de não receber as mulheres de braços abertos. Mas alguns presidentes de empresas deste setor, no entanto, mostraram comprometimento com a diversidade de gênero e estão, agora, recebendo o devido reconhecimento. O Comparably, um site de carreira de Santa Monica, na Califórnia, apresentou, recentemente, um ranking com os CEOs das empresas de tecnologia que receberam as melhores avaliações de suas funcionárias mulheres. Para estar na lista, cada um deles precisava receber, no mínimo, 20 avaliações entre março de 2016 e maio de 2017.

VEJA MAIS: Brasil é o segundo país onde as pessoas mais acreditam nos seus CEOs

O fundador do Comparably, Jason Nazar, vê semelhanças nas organizações com os CEOs que receberam as melhores classificações. “Eles estão conscientes da necessidade de comunicar que o ambiente de trabalho de suas companhias apoia a diversidade de gêneros”, afirma. “Estes executivos não apenas falam – eles colocam as mulheres em posições de responsabilidade.” Nenhuma empresa liderada por mulheres aparece na lista, um resultado que Nazar atribui à escassez das mesmas como CEOs de empresas do setor. “Eu acredito que se existissem mais mulheres no comando de grandes empresas ou naquelas de rápido crescimento, muitas delas estariam nesta lista”, completa.

Spencer Rascoff, CEO do Zillow, um marketplace do mercado imobiliário, é o CEO melhor avaliado pelas funcionárias. O executivo juntou-se à equipe em 2005 e passou a ocupar o cargo mais alto em 2010. Antes disso, foi cofundador da Hotwire, uma startup de viagem que a empresa de internet IAC comprou em 2003 por US$ 655 milhões. “A equipe de liderança da Zillow é muito honesta e realmente vive na prática os valores sobre os quais prega”, escreveu um usuário do Comparably. Dos maiores cargos executivos da companhia, atualmente 20% são ocupados por mulheres, mostrando um nível mais baixo da representação feminina do que a média de 24% observada entre as 1.000 empresas públicas com melhor avaliação.

LEIA TAMBÉM: 6 dicas para mulheres empreendedoras enfrentarem obstáculos inevitáveis

O cofundador e presidente da Slack, uma espécie de rede social para empresas, Stewart Butterfield, ficou na vice-liderança. A companhia foi elogiada por seus esforços para contratar uma equipe diversificada e Butterfield foi apontado como um defensor desta política. A força de trabalho da Slack é, hoje, 44% feminina. Do total de administradores, 48% são mulheres, enquanto entre os líderes este índice é de 28%. A empresa mais que dobrou no último ano e o total da representação feminina permaneceu inalterado.

Brad Smith, CEO da Intuit, empresa norte-americana de computadores, desde 2008, ficou em 4º lugar na lista. Coincidentemente, Jason Nazar, CEO do Comparably, trabalhou na Intuit por dois anos. “Eu via que muitas mulheres lá exerciam funções com alto nível de liderança”, afirma, ao recordar sua primeira impressão. “Eles fazem disso uma prática consciente em suas comunicações, para se certificar que a equidade seja priorizada. E você enxerga isso nas ações da empresa.” Os números da diversidade de gênero da empresa não parecem estar distantes da Slack – 39% dos 7.900 funcionários são mulheres e elas compõem 32% da equipe de liderança.

E MAIS: Por que as empresas precisam de mais mulheres no comando

Veja, na galeria de fotos, os 5 melhores CEOs de empresas de tecnologia eleitos por suas funcionárias e as respectivas taxas de aprovação:

  • 4. Marc Benioff, da Salesforce
    Taxa de aprovação: 91%

  • 4.Brad Smith, da Intuit
    Taxa de aprovação: 91%

  • 3. Brian Halligan, da Hubspot
    Taxa de aprovação: 93%

  • 2. Stewart Butterfield, da Slack
    Taxa de aprovação: 94%

  • 1. Spencer Rascoff, da Zillow
    Taxa de aprovação: 98%

4. Marc Benioff, da Salesforce
Taxa de aprovação: 91%

Comentários
Topo