Fotos

5 cidades norte-americanas com os mercados imobiliários mais desvalorizados

Existem duas maneiras de fechar negócio com as propriedades norte-americanas e elas podem ser exemplificadas por meio de duas cidades. Se você está com pouco dinheiro, mas pensa em algo no longo prazo, considere Detroit. Conseguir uma casa por lá é barato e o retorno é sempre muito rápido. Entretanto, estudos econômicos sugerem que o preço das propriedades na área de Nova York pode aumentar.

VEJA MAIS: Como a realidade virtual pode revolucionar o mercado imobiliário

As propriedades em Detroit estão desvalorizadas em 11,7% – mais do que qualquer outro mercado do país, de acordo com o Fitch Ratings, uma das maiores agências de classificação de risco de crédito.

Já na área metropolitana de Nova York, a desvalorização é de 10,4%. O preço das propriedades na região, já uma das mais caras do país, aumentou 5,3% ano após ano. Entretanto, as receitas de Nova York são altas e crescentes – assim como os aluguéis – tornando a compra de uma propriedade algo relativamente mais atraente.

LEIA TAMBÉM: 5 cidades com os imóveis mais caros do mundo

Nova York e Detroit não estão sozinhas. A Fitch considera que 28% dos 412 mercados imobiliários que rastreia estão desvalorizados, com o preço das casas pelo menos 5% abaixo de um valor local razoável.

Os cinco lugares mais desvalorizados que a agência destacou para FORBES formam um grupo diverso, mas estão todos localizados no nordeste ou meio-oeste dos Estados Unidos.

Proprietários que consideram uma venda nestes mercados devem, se puderem, esperar que os preços se recuperem, embora não haja nenhuma previsão de quando isso vai acontecer.

E MAIS: 7 imóveis de celebridades à venda após divórcio

Para determinar os mercados imobiliários mais desvalorizados do país, a Fitch Ratings considerou cinco métricas econômicas: taxa de crescimento nominal, crescimento populacional, desemprego, mudanças nos preços do aluguel e mudança no preço das propriedades.

A lista é baseada na mudança ano após ano de cada um destes critérios nas 50 maiores áreas metropolitanas no primeiro trimestre de 2017.

Saiba quais são as 5 cidades norte-americanas onde o mercado imobiliário está mais desvalorizado:

  • 5. Cincinnati

    Valor médio dos imóveis: US$ 145.400
    Desvalorização: 3,6%

  • 4. Chicago

    Valor médio dos imóveis: US$ 228.600
    Desvalorização: 4,1%

  • 3. Filadélfia

    Valor médio dos imóveis: US$ 209.000
    Desvalorização: 4,4%

  • 2. Nova York

    Valor médio dos imóveis: US$ 386.000
    Desvalorização: 10,4%

  • 1. Detroit

    Valor médio dos imóveis: US$ 225.200
    Desvalorização: 11,7%

5. Cincinnati

Valor médio dos imóveis: US$ 145.400
Desvalorização: 3,6%

Comentários
Topo