Listas

Os maiores públicos da história do Rock in Rio

O Rock in Rio encerrou sua 17ª edição no último fim de semana, na Cidade do Rock, no Rio de Janeiro. O primeiro grande festival da história do Brasil, criado por Roberto Medina em 1985, é famoso por seus números. Desde a primeira edição, mais de 8,5 milhões de pessoas assistiram a cerca de 1.588 artistas em quatro países diferentes.

VEJA TAMBÉM: Por trás dos holofotes: conheça o responsável por eventos como Rock in Rio e Lollapalooza

Realizado pela sétima vez em território brasileiro, o festival vendeu 700 mil ingressos para os 7 dias de shows. Considerando que todos aqueles que compraram entradas compareceram, a média desta edição foi de 100 mil espectadores por dia. O número impressionante, no entanto, não chega perto da melhor média entre todas as edições. A primeira edição, consagrada com apresentações de Queen, AC/DC e Ozzy Osbourne, entre outros, ostenta até hoje o maior público absoluto: 1,38 milhão de pessoas passaram por Jacarepaguá nos dez dias do evento.

Mas esta também não é a maior média de público entre todas as edições. Descubra qual Rock in Rio bombou mais na galeria de fotos:

  • 18º) 2015 – Las Vegas
    Média de público: 43.000 pessoas por dia
    Público total: 172.000
    Número de dias: 4

    O Rock in Rio escolheu Las Vegas como destino para estrear em terras norte-americanas. No entanto, em sua 15ª edição, o festival parece não ter emplacado tanto por lá quanto em outros lugares. Nem alguns dos principais nomes do pop atual, como Bruno Mars, John Legend, Magic!, Taylor Swift e Ed Sheeran, foram capazes de atingir a capacidade máxima que, segundo o jornal “L.A. Times”, era de 85.000 pessoas.

  • 17º) 2012 – Madri
    Média de público: 46.500 pessoas por dia
    Público total: 186.000
    Número de dias: 4

    Em sua terceira passagem por Madri, a média de público do festival brasileiro (que nunca chegou a ser muito alta na capital espanhola) foi a menor registrada no país. As atrações principais cercaram o mundo do eletrônico, com os DJs Calvin Harris, David Guetta e Deadmau5, e do hip hop, com Pitbull e Afrojack. Red Hot Chili Peppers foi a única grande banda a tocar nesta edição.

  • 16º) 2010 – Madri
    Média de público: 50.000 pessoas por dia
    Público total: 250.000
    Número de dias: 5

    A segunda edição do festival na capital espanhola foi melhor que a última, mas representou uma queda em relação à primeira. Neste ano, Rage Against The Machine, Motörhead, Metallica e Bon Jovi foram as grandes bandas escolhidas, enquanto o pop foi representado por Rihanna, Shakira e Miley Cyrus.

  • 15º) 2008 – Madri
    Média de público: 58.200 pessoas por dia
    Público total: 291.000
    Número de dias: 5

    Depois de Portugal, o Rock in Rio chegou ao país vizinho logo depois da terceira edição em Lisboa. Nomes de peso como Bob Dylan, Neil Young, Amy Winehouse, The Police e Alanis Morissette juntaram-se a referências locais como Manolo García, El Canto Del Loco e Estopa. Carlinhos Brown e Ivete Sangalo levaram o balanço brasileiro à Espanha neste ano.

  • 14º) 2004 – Lisboa
    Média de público: 64.333 pessoas por dia
    Público total: 386.000
    Número de dias: 6

    Depois de apenas três edições no Rio de Janeiro ao longo de quase 20 anos, o Rock in Rio teve sua inauguração em terras internacionais. Um line-up forte e variado, com Amy Winehouse, Rod Stewart, Bon Jovi e Skank, garantiu que o festival ganhasse uma nova casa fixa. Não é à toa: ninguém menos que Sir Paul McCartney fez a estreia.

  • 12º) 2010 – Lisboa (empate)
    Média de público: 65.800 pessoas por dia
    Público total: 329.000
    Número de dias: 5

    A quarta edição do Rock in Rio em terras portuguesas trouxe até um hotel para a Cidade do Rock. Entre as atrações estavam Elton John, Rammstein, John Mayer, Snow Patrol, Motörhead e Megadeth.

  • 12º) 2016 – Lisboa (empate)
    Média de público: 65.800 pessoas por dia
    Público total: 329 mil
    Número de dias: 5

    A edição do ano passado no Parque da Boa Vista, na capital portuguesa, atraiu 329 mil pessoas para assistir a Queen, Maroon 5 e Bruce Springsteen. O projeto de sustentabilidade do festival, o Amazonia Live, arrecadou o equivalente a 40 mil árvores na ocasião.

  • 11º) 2014 – Lisboa
    Média de público: 69.000 pessoas por dia
    Público total: 345.000
    Número de dias: 5

    O público português não parece se cansar do Rock in Rio. Quase 70.000 pessoas por dia assistiram a Rolling Stones, Steve Aoki, Linkin Park, Queens of the Stone Age e Justin Timberlake. Em seu show, Ivete Sangalo bateu o próprio recorde de se apresentar em todas as edições de Portugal.

  • 10º) 2006 – Lisboa
    Média de público: 70.000 pessoas por dia
    Público total: 350.000
    Número de dias: 5

    Com Guns N’ Roses, Roger Waters, Santana, Shakira, Jamiroquai e Sting, a segunda edição na capital portuguesa foi mais bem-sucedida do que a primeira. Jota Quest e Marcelo D2 juntaram-se a Ivete Sangalo como nomes nacionais.

  • 9º) 2012 – Lisboa
    Média de público: 70.600 pessoas por dia
    Público total: 353.000
    Número de dias: 5

    Antes de chamar a atenção na edição brasileira em 2013, Bruce Springsteen levou seu antológico show de três horas aos portugueses. Cerca de 81.000 pessoas foram no último dia do festival em Lisboa. O destaque deste ano, no entanto, foi o segundo dia, em que Smashing Pumpkins, Linkin Park, The Offspring e Limp Bizkit se apresentaram para um público de 83.000 pessoas.

  • 8º) 2008 – Lisboa
    Média de público: 70.800 pessoas por dia
    Público total: 354.000
    Número de dias: 5

    A ida a cada dois anos funcionou em Lisboa. A terceira edição do festival em terras lusitanas teve seu maior público até então, o que pode ser considerado uma surpresa, visto que, meses depois, houve a estreia na Espanha. No primeiro dia, Lenny Kravitz, Amy Winehouse e (supresa!) Ivete Sangalo tocaram para 90.000 pessoas.

  • 7º) 1991 – Rio de Janeiro
    Média de público: 77.780 pessoas por dia
    Público total: 700.000
    Número de dias: 9

    Depois de seis anos de espera, o Rock in Rio II escolheu o Maracanã como palco. No auge, Guns N’ Roses foi o grande nome da edição. Até então inédita no Brasil, a banda norte-americana tocou em dois dias e adiantou algumas das músicas que estariam presentes em seu próximo álbum, “Use Your Illusion”. Houve também grandes nomes da música internacional, como INXS, Carlos Santana, Billy Idol e Faith No More, e nacional, como Titãs, Engenheiros do Hawaii e Moraes Moreira e Pepeu Gomes.

  • 5º) 2013 – Rio de Janeiro (empate)
    Média de público: 85.000 pessoas por dia
    Público total: 595.000
    Número de dias: 7

    Mais uma vez na cidade maravilhosa, essa edição do Rock in Rio teve seus 595 mil ingressos vendidos em apenas algumas horas. O festival, que exibiu um tributo a Cazuza, teve como atrações principais Bruce Springsteen, Beyoncé, Muse, Bon Jovi e John Mayer.

  • 5º) 2015 – Rio de Janeiro (empate)
    Média de público: 85.000 pessoas por dia
    Público total: 595.000
    Número de dias: 7

    O ano que marcou a comemoração de 30 anos do Rock in Rio não poderia ter passado sem uma edição no Rio de Janeiro, onde tudo começou. Além de atrações como Queen + Adam Lambert, Elton John, Rihanna, Katy Perry, A-Ha, System of a Down e Sam Smith, o aniversário foi celebrado com um “parabéns” na abertura do festival, um show de fogos de artifício e uma homenagem a Cássia Eller.

  • 3º) 2011 – Rio de Janeiro (empate)
    Média de público: 100.000 pessoas por dia
    Público total: 700.000
    Número de dias: 7

    A “volta para casa” depois de dez anos e oito edições na Europa fez com que o Rock in Rio 2011 atingisse uma marca impressionante: os 700.000 ingressos se esgotaram em quatro dias. Entre as principais atrações estavam Rihanna, Red Hot Chili Peppers, Katy Perry, Stevie Wonder, Coldplay e Guns N’ Roses.

  • 3º) 2017 – Rio de Janeiro (empate)
    Média de público: 100.000 pessoas por dia
    Público total: 700.000
    Número de dias: 7

    A sétima edição do Rock in Rio no Brasil teve como algumas de suas atrações principais Red Hot Chili Peppers, Guns N’ Roses, Bon Jovi, Aerosmith, Justin Timberlake e Maroon 5 – que teve de substituir, de última hora, a cantora Lady Gaga, impossibilitada de participar por problemas de saúde. Esta edição marcou a mudança da Cidade do Rock para o Parque Olímpico, além do aumento das opções de entretenimento como brinquedos de diversão.

  • 2º) 1985 – Rio de Janeiro
    Média de público: 138.000 pessoas por dia
    Público total: 1.380.000
    Número de dias: 10

    Em números absolutos, nenhum outro Rock in Rio recebeu tantas pessoas quanto o primeiro. Em dez dias de festival e uma área de 250.000 m², a região de Jacarepaguá, no Rio, recebeu 1,38 milhão de pessoas. Estima-se que, só no primeiro dia, centenas de milhares de pessoas viram Freddie Mercury, à frente do Queen, fazer uma de suas apresentações mais famosas. A edição original teve ainda outros medalhões do rock, como AC/DC, James Taylor, Rod Stewart, Scorpions, Ozzy Osbourne e Yes, e nomes populares do cenário nacional, como Os Paralamas do Sucesso, Rita Lee, Lulu Santos, Kid Abelha e Barão Vermelho.

  • 1º) 2001 – Rio de Janeiro
    Média de público: 176.430 pessoas por dia
    Público total: 1.235.000
    Número de dias: 7

    Depois de dez anos, o festival voltou com números impressionantes. Embora o público tenha sido ligeiramente inferior ao da primeira edição, com três dias a menos, o Rock in Rio 2001 levou mais de 176.000 pessoas por dia à reconstruída Cidade do Rock. No time de frente, Red Hot Chili Peppers, Guns N’ Roses, Oasis, R.E.M., Foo Fighters, Sting, James Taylor, Queens of the Stone Age, Neil Young, Iron Maiden, ‘N Sync, Britney Spears, Sepultura e Silverchair.

    Achou muito? Ainda teve todo tipo de atração nacional: Gilberto Gil, Milton Nascimento, Barão Vermelho, Fernanda Abreu, Cássia Eller, Ira! & Ultraje a Rigor, Moraes Moreira, Engenheiros do Hawaii, Elba Ramalho & Zé Ramalho, Capital Inicial, Kid Abelha e Sandy e Junior.

18º) 2015 – Las Vegas
Média de público: 43.000 pessoas por dia
Público total: 172.000
Número de dias: 4

O Rock in Rio escolheu Las Vegas como destino para estrear em terras norte-americanas. No entanto, em sua 15ª edição, o festival parece não ter emplacado tanto por lá quanto em outros lugares. Nem alguns dos principais nomes do pop atual, como Bruno Mars, John Legend, Magic!, Taylor Swift e Ed Sheeran, foram capazes de atingir a capacidade máxima que, segundo o jornal “L.A. Times”, era de 85.000 pessoas.

Comentários
Topo