12 times de futebol mais valiosos do Brasil em 2017

FORBES México divulgou, há alguns dias, sua lista anual dos 50 times mais valiosos da América, que, juntos, somam US$ 6,052 bilhões. Em 2017, das 51 equipes (a posição de número 50 empatou, o que levou a lista a ter mais um integrante), 12 são brasileiros, avaliados em US$ 2,18 bilhões, o equivalente a 36% do total.

LEIA MAIS: Corinthians é o time de futebol mais valioso da América em 2017

O Corinthians é o time mais poderoso da região e manteve a posição de liderança conquistada no ano passado. Segundo seu último relatório financeiro, faturou mais de US$ 80,5 milhões no ano passado. Seus mais de 30 milhões de torcedores são o principal motivo para que a Nike tenha fechado com o clube o contrato mais alto em toda a América Latina, com duração até 2022 e garantia de US$ 145 milhões. Atualmente, é a única equipe que pode competir, em valor, com os clubes europeus. Se o Corinthians estivesse no ranking geral de FORBES, ocuparia o 16º lugar, na frente da Roma e da Inter de Milão. Para completar, é a instituição de todo o continente que mais seguidores tem nas redes sociais: são mais de 19,8 milhões.

O Palmeiras, que manteve a vice-liderança, é um dos clubes com mais impacto nacional, além de contar com uma sólida base de sócio-torcedores: são mais de 130 mil. Mas há que ressaltar que, nos últimos anos, seu caminho não foi nada fácil, já que, em 2012, o time foi rebaixado para a segunda divisão. No ano seguinte, no entanto, voltou para a série A. Dois anos depois, venceu a Copa do Brasil e, em 2016, o Brasileirão. O Palmeiras tem, ainda, um estádio novinho, cujo valor é estimado em US$ 360 milhões.

O terceiro colocado, o Grêmio – que tem entre seus principais patrocinadores Banrisul e Umbro – também manteve a posição na comparação 2016/2017. De acordo com dados do “Futbol Finanzas”, o time está entre os que mais vendem camisetas: são mais de 200.000 por ano.

VEJA TAMBÉM: 21 times mais valiosos de 2017

O América-MG, que no ano passado ocupou a 12ª posição, avaliado em US$ 66,3 milhões, não aparece no novo ranking. Quem também ficou de fora foi o Atlético-PR que, com US$ 141,5 milhões, abocanhou a 6ª posição na lista de 2016. A trinca de rebaixados fica completa com o Internacional, o 5º colocado na versão anterior da lista, com US$ 158,7 milhões. Em contrapartida, a nova lista conta com o carioca Vasco da Gama e com o baiano Vitória.

Veja, a seguir, os times mais valiosos do Brasil:

  • 1 Corinthians (SP)

    Valor: US$ 576,9 milhões

    Posição em 2016: 1

    Valor em 2016: US$ 532,7 milhões

  • 2 Palmeiras (SP)

    Valor: US$ 464,6 milhões

    Posição em 2016: 2

    Valor em 2016: US$ 480,1 milhões

  • 3 Grêmio (RS)

    Valor: US$ 295,5 milhões

    Posição em 2016: 3

    Valor em 2016: US$ 320,9 milhões

  • 4 São Paulo (SP)

    Valor: US$ 146,6 milhões

    Posição em 2016: 4

    Valor em 2016: US$ 188,3 milhões

  • 5 Flamengo (RJ)

    Valor: US$ 127 milhões

    Posição em 2016: 7

    Valor em 2016: US$ 128,3 milhões

  • 6 Atlético-MG (MG)

    Valor: US$ 116,7 milhões

    Posição em 2016: 10

    Valor em 2016: US$ 99,1 milhões

  • 7 Cruzeiro (MG)

    Valor: US$ 113,6 milhões

    Posição em 2016: 9

    Valor em 2016: US$ 102,5 milhões

  • 8 Santos (SP)

    Valor: US$ 99,3 milhões

    Posição em 2016: 8

    Valor em 2016: US$ 111,7 milhões

  • 9 Fluminense (RJ)

    Valor: US$ 81,3 milhões

    Posição em 2016: 11

    Valor em 2016: US$ 75,4 milhões

  • 10 Vasco da Gama (RJ)

    Valor: US$ 71,6 milhões

    Posição em 2016: Não apareceu no ranking

  • 11 Vitória (BA)

    Valor: US$ 50,4 milhões

    Posição em 2016: Não apareceu no ranking

  • 12 Sport (PE)

    Valor: US$ 43,2 milhões

    Posição em 2016: 13

    Valor em 2016: US$ 51,4 milhões

1 Corinthians (SP)

Valor: US$ 576,9 milhões

Posição em 2016: 1

Valor em 2016: US$ 532,7 milhões

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).